Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

SES convoca municípios para Semana de Mobilização Contra o Aedes



A partir desta segunda (23.10), até a sexta-feira (27.10), o Brasil estará vivenciando a Semana de Mobilização Contra o Aedes Aegypti. O Governo de Pernambuco incentiva que todos os municípios do Estado, nesse período, realizem ações para eliminar possíveis focos do mosquito, além de atividades voltadas para a população, que também precisa estar engajada nessa luta. Nesta segunda (23.10), a partir das 9h, na sede da SES, no Bongi, haverá uma reunião do Comitê de Mobilização Social de Controle e Prevenção às Arboviroses, com o intuito de apresentar os dados atuais e chamar a atenção para que toda a sociedade intensifique as ações para eliminação dos criadouros do mosquito vetor durante esta semana de mobilização nacional.

Em 2017, Pernambuco tem registrado uma queda nas notificações das arboviroses, quando é feita a comparação com os dados do mesmo período de 2016. Isso significa uma diminuição de 87,6% nas notificações de dengue, 93,2% de chikungunya e 94,1% de zika. Apesar disso, de acordo com o 5º Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), que monitora a quantidade de imóveis com a presença de larvas do mosquito, 156 cidades (84,7% dos municípios pernambucanos) estão em situação de risco para transmissão elevada das doenças. A presença de larvas aumenta a possibilidade do surgimento de mosquitos e, consequentemente, da transmissão das enfermidades, o que reforça a importância de ações para eliminar os criadouros.

Claudenice ressalta que, durante esta semana, os municípios devem estar engajados em atividades de mobilização social para repassar informações de prevenção à população. “Os entes públicos precisam realizar suas ações, mas sem o apoio da sociedade não vamos conseguir continuar diminuindo os índices de infestação do mosquito e consequentemente das arboviroses”, diz a gerente.

A gerente do Programa de Vigilância das Arboviroses da SES ainda ressalta que o Estado está à disposição de todos os municípios pernambucanos para prestar apoio técnico. A SES também encaminha para os municípios bombas costais, além de capas para vedação de recipientes para armazenamento de água. Além de fazer o monitoramento dos índices das cidades, é de responsabilidade do Estado, em caso de surto epidêmico, a realização do bloqueio de transmissão com a aplicação de inseticida por meio da nebulização espacial a frio (tratamento a UBV), utilizando equipamentos portáteis ou pesados.

Cuidados importantes para eliminar os focos dos mosquitos:

  • Mantenha bem tampados caixas d’água, jarras, cisternas, poços ou qualquer outro reservatório de água.

  • Mantenha as lixeiras tampadas e secas. Nunca jogue lixo em terrenos baldios.

  • Coloque no lixo todo objeto que possa acumular água. O lixo deve ser colocado em sacos plásticos bem fechados.

  • Lave os bebedouros de animais com uma bucha pelo menos uma vez por semana e troque a água todos os dias.

  • Cubra e guarde os pneus em locais secos, protegidos das chuvas.

  • Guarde as garrafas secas de cabeça para baixo e não deixe no quintal objetos que acumulem água.

  • Encha os pratinhos de plantas com areia.

  • Retire a água acumulada sobre a laje.

  • Mantenha as calhas d’água limpas.

#CombateaoAedes #Saúde

1 visualização