Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

PT anuncia ato para o dia da inscrição de candidatura de Lula no TSE



O PT anunciou um grande ato para o dia 15 de agosto, quando será feita a inscrição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato à Presidência da República no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília.

“É importante essa movimentação que estamos fazendo na defesa dele aqui fora, e esperamos que no dia 15 de agosto, quando formos registrar a candidatura, Lula possa estar solto, participando do ato com milhares de brasileiros”, disse a presidente nacional da sigla, senadora Gleisi Hoffmann (PR), após visita a Lula, na última quinta-feira (28). Ela estava acompanhada pelo ex-prefeito de São Paulo e coordenador do plano de governo petista, Fernando Haddad.

Lula está preso desde o dia 7 de abril, na superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, onde cumpre pena de 12 anos e um mês, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá (SP). Ele foi condenado, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), e por isso acabou enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Sua candidatura dependerá, agora, da Corte Eleitoral.

No entanto, Gleisi destacou, ontem, que só tem duas situações para Lula não será candidato: primeiro, se provarem que ele cometeu o crime de que o acusam de ter praticado, o que até agora ninguém provou; segundo, se ele morrer. “Como nenhuma delas vai acontecer, Lula é candidato, continua candidato e será inscrito candidato”, afirmou.

Ela ainda criticou o que chamou de manobra do Supremo Tribunal Federal (STF) para impedir a análise do pedido de suspensão da prisão de Lula pela Segunda Turma da Corte. “Para Lula, a atitude do ministro Edson Fachin é indecente e só depõe contra o Judiciário brasileiro”, pontuou.

Gleisi também destacou que o ex-presidente está com a saúde perfeita e animadíssimo, principalmente com o resultado da última pesquisa, divulgada ontem pelo Ibope/CNI. “Ele continua em primeiro lugar, sem perder nenhum ponto. E o percentual de votos que o Lula tem dá praticamente a soma de todos os outros. É mais que o dobro do segundo colocado e se somar todos os outros não chega na intenção de votos de Lula”, detalhou a senadora aos militantes que fazem a resistência na Vigília Lula Livre.


0 visualização