Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
Camarao e cia.jpg
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Projeto São Francisco antecipa fim do racionamento em Campina Grande (PB)



Cerca de um milhão de moradores dos 18 municípios que compõem a região metropolitana de Campina Grande, na Paraíba, já podem comemorar o retorno do abastecimento diário de água.

O principal açude local, o Epitácio Pessoa, em Boqueirão (PB), atingiu nesta terça-feira (22) 8,2% de capacidade, o que levou o governo do estado a anunciar o fim do racionamento para a próxima sexta-feira (25).

Campina Grande e outros 30 municípios estão sendo abastecidos com a água proveniente do Velho Chico, que percorre os 217 quilômetros do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco, passando por Pernambuco e Paraíba, para seguir pelo leito do Rio Paraíba por mais de 100 quilômetros até chegar ao Reservatório Boqueirão.

A conquista só foi possível porque o governo federal acelerou as obras do Eixo Leste do projeto para antecipar a entrega das águas na primeira quinzena de abril deste ano com dois efeitos diretos: evitar o colapso hídrico para quase um milhão de pessoas e, em menos de seis meses, acabar com o racionamento de água na região da segunda maior cidade da Paraíba.

Quando o rio São Francisco chegou ao Epitácio Pessoa, o reservatório havia registrado o seu menor volume dos últimos anos – 2,9% da capacidade total.

Antecipação da água em Fortaleza

A chegada da água à região paraibana foi agilizada porque o governo federal usou quatro conjuntos de motobombas cedidos pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) para acelerar o enchimento das estruturas do Eixo Leste.

A água do Eixo Norte vai percorrer 260 quilômetros de canais e reservatórios para beneficiar 7,1 milhões de pessoas nos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.


0 visualização