Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
Camarao e cia.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Polícia Federal investiga desvios em contratos do Ministério do Turismo em Pernambuco


A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (19), a Operação Fantoche. A ação investiga um esquema de corrupção envolvendo um grupo de empresas que têm executado contratos por meio de convênios com o Ministério do Turismo e entidades do Sistema S. A estimativa é que o grupo já tenha recebido mais de R$ 400 milhões.


Ao todo, serão cumpridos dez mandados de prisão e 40 de busca e apreensão. Além de Pernambuco, a operação também acontece nos estados de São Paulo, Paraíba, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Alagoas e no Distrito Federal.


O grupo é investigado pelas práticas de crimes contra a administração pública, fraudes licitatórias, associação criminosa e lavagem de ativos. De acordo com a PF, as empresas utilizavam entidades de direito privado sem fins lucrativos para justificar os contratos e convênios.


A maioria dos contratos estava relacionada à execução de eventos culturais e de publicidade superfaturados ou que não foram concluídos, com recursos desviados em favor do núcleo empresarial por meio de empresas “de fachada”. A operação conta com apoio do Tribunal de Contas da União (TCU).


A 4ª Vara Federal da Seção Judiciária de Pernambuco ainda autorizou o sequestro e bloqueio de bens e valores dos investigados. (Rádio Cultura)

LOGO MEGA.jpg