Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

PF encerra força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, diz site



A Polícia Federal (PF) informou nesta quinta-feira (6) que a força-tarefa exclusiva das operações Lava Jato e Carne Fraca passam a integrar a Delegacia de Combate à Corrupção e Desvio de Verbas Públicas (Delecor), dentro da superintendência da PF.

De acordo com o site da revista Época, a polícia afirmou, em nota, que a medida visa “priorizar ainda mais as investigações de maior potencial de dano ao erário, uma vez que permite o aumento do efetivo especializado no combate à corrupção e lavagem de dinheiro e facilita o intercâmbio de informações”.

Para PF, o efetivo de policiais na sede regional do Paraná está adequado à demanda e será reforçado em caso de necessidade.

Vale lembrar que em maio deste ano, o quadro de delegados dedicados exclusivamente à Lava Jato foi reduzido de nove para quatro. Na ocasião, o Procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima, um dos coordenadores da força-tarefa, classificou a redução da equipe como “incompreensível”.

“De fato, com o número que temos hoje fica difícil dar continuidade, prosseguimento da forma como sempre foi. Estamos tentando recompor. Na equipe de agentes e analistas não houve redução tão grande. Dificuldade maior hoje é com o número de delegados. Mas, enfim, temos que tentar recompor da forma como possível”, disse.

Ainda assim, a Polícia Federal diz que continuará “disponibilizando toda a estrutura e logística possível para o bom desenvolvimento dos trabalhos e esclarecimento dos crimes investigados”.


0 visualização