banner technobytes.jpeg
OTa2.jpg
LOGO MEGA.jpg
Banner Aveloz
  • Mikael Sampaio

Pernambuco totaliza 8,3 mil casos e 65 mortes por Influenza


Desde 2021 até o momento, foram registrados 8.337 casos de influenza A em Pernambuco, com 65 óbitos. Apenas nesta nova rodada de análises feita pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE) foram obtidas 1.945 amostras laboratoriais positivas, sendo 27 novos óbitos.


Dos 8.337 casos, 8.245 são de influenza A (H3N2) e 92 influenza A não subtipada. Do total de registros, até o momento, 799 (9,6%) apresentaram Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), sendo 790 do subtipo H3N2 e 9 casos não subtipados.


Ao todo, 65 óbitos, sendo 22 masculinos e 43 femininos, foram confirmados - sendo 64 para a influenza A (H3N2) e 1 não subtipado. Os pacientes eram residentes do Recife (34), Palmares (3), Ipojuca (2), Jaboatão dos Guararapes (5), São Lourenço da Mata (2), Escada (1), Goiana (1), Olinda (3), Sirinhaém (1), Timbaúba (1), Tracunhaém (1), Abreu e Lima (1), Condado (2), São Vicente Ferrer (1), Catende (1), Camaragibe (2), Aliança (1), Igarassu (1), Cabo de Santo Agostinho (1) e Moreno (1).


As idades dos pacientes variam entre 1 e 98 anos. As faixas etárias são: 1 a 9 (1), 10 a 19 (3), 20 a 29 (1), 30 a 39 (4), 40 a 49 (3), 50 a 59 (9) e 60 e mais (44). Os pacientes apresentavam comorbidades e possuíam fatores de risco para complicação por influenza, como diabetes, doença cardiovascular, doença renal crônica, hipertensão arterial e sobrepeso. (Por Diário de Pernambuco)

0 comentário