IMG-20191213-WA0051.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Pernambuco sedia reunião de secretários de Turismo do Nordeste


O Consórcio Nordeste reuniu, na tarde desta terça-feira, os secretários de Turismo do Nordeste para mais um encontro do Fórum de Secretários Estaduais de Turismo do Nordeste. Tendo como anfitrião o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, que ocupa a vice-presidência do Fornatur (Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo), e a presença do secretário executivo do Consórcio, Carlos Eduardo Gabas, a reunião deu o pontapé para criação de uma agenda comum de ações no mercado internacional. O objetivo é intensificar a atração de turistas estrangeiros para o destino Nordeste.


Antes do encontro no Centro de Convenções de Pernambuco, o grupo de gestores foi recebido pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara, para almoço no Palácio. Parte do grupo, ao fim do dia, foi ainda conhecer o Centro Cultural Cais do Sertão, no Bairro do Recife. Participaram da reunião, além do gestor de Pernambuco, os secretários de Turismo: Ana Maria da Costa (RN), José Sales Neto (SE), Hugo Paiva Veiga (MA), Fausto de Abreu Franco (BA), Gustavo Costa Feliciano (PB), Carina Thomaz Câmara (PI) e Sandra Vila Nova (AL).


“A partir da formalização do Consórcio Nordeste, um caminho diferente, de atuação em conjunto dos Estados nos foi dado. Temos atrativos em comum, todos temos praias, somos ricos culturalmente, e mais do que isso, temos desafios também comuns, problemas que podem ser tratados de maneira articulada. Acreditamos que o consórcio, que tem articulação positiva em diversas áreas, também pode trazer bons resultados para o turismo”, afirmou o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.


Entre as ações principais discutidas pelos gestores na ocasião está a criação de um calendário de participação conjunta em feiras internacionais, visando mercados ainda pouco explorados pelos Estados do Nordeste, a exemplo dos Estados Unidos, França e China. Será escolhida uma marca única identificando o destino.


“A gente sabe que há um interesse grande dos europeus pela região, a exemplo dos portugueses, espanhóis e italianos, mas entendemos também que novos mercados, como a China, que tem hoje o turista que mais viaja no mundo, são muito interessantes. Temos ainda os americanos, que não precisam mais de visto para vir ao Brasil, por isso inicialmente vamos apostar nesses países, sem deixar de lado os mercados consolidados. Desde agora, na Fitur (Feira Internacional de Turismo, em Madri, de 22 a 26/1), apresentaremos uma sinalização própria e vamos atrelar o material individual a esta marca. No entanto, participação mais robusta, com estande único para os Estados, se dará a partir da feira da França, em setembro”, destaca Novaes, citando a IFTM Top Resa, em Paris, de 22 a 24 de setembro.


Os próximos passos para que a ação conjunta do Nordeste seja iniciada incluem o desenvolvimento de um plano de ações, a ser apresentado em Brasília, à Embratur, até o Carnaval. A ideia é apresentar ainda pleitos em comum aos Estados, também em áreas como estruturação e malha aérea.


Ainda com relação ao fortalecimento da região para o turismo internacional, o Consórcio Nordeste deverá realizar nova missão à Europa, em março próximo, com a participação de governadores e secretários de governo.


“A reunião de hoje, com a presença de Carlos Gabbas, o coordenador do Consórcio, e também dos secretários do Nordeste, nos abre uma perspectiva no mercado internacional e também de articulação no nacional, no que diz respeito ao nosso posicionamento político em relação aos desafios que temos que enfrentar. Há importantes obras de infraestrutura que exigem o suporte do governo federal. Tudo isso está em pauta e será devidamente planejado e iniciado nos próximos meses”, finaliza Novaes.

2 visualizações