Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
Camarao e cia.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Pernambuco registra o dobro de mortes por gripe em 2018



Desde o início do ano, Pernambuco contabilizou 11 óbitos decorrentes da da síndrome respiratória aguda grave (Srag). O boletim epidemiológico foi divulgado Secretaria Estadual de Saúde e contabiliza os casos confirmados até 23 de junho. O número corresponde a mais que o dobro do total de mortes causadas pelo vírus da influenza no Estado no mesmo período do ano passado, quando foram contabilizadas cinco ocorrências.

Ao longo do ano, foram registrados, no total, seis óbitos. Das mortes deste ano, 27,3% das vítimas eram crianças abaixo de 2 anos e 27,3% idosos a partir de 60 anos. Houve um aumento também do número de notificações da doença.

Até junho, foram 1.162 casos de síndrome respiratória aguda grave, contra 1.121 casos, no mesmo período de 2017. Dos casos registrados este ano, 53 tiveram resultado laboratorial confirmado para influenza A (H1N1); 23 para influenza A (H3N2); 1 para influenza B; 1 para vírus sincicial respiratório (VSR) e 1 para influenza 1.


LOGO MEGA.jpg