Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
Camarao e cia.jpg
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Paulo Câmara inaugura Contorno Rodoviário Governador Eduardo Campos, em Sertânia no Sertão do Moxotó



A infraestrutura viária do Sertão do Moxotó ganhou um importante reforço nesta sexta-feira (20). Em visita à região, o governador Paulo Câmara inaugurou a rodovia PE-265, mais conhecida como Contorno Viário de Sertânia - Governador Eduardo Campos. Para a construção do acesso, foram investidos um total de R$ 21,2 milhões. A nova via contempla 7,5 km de extensão, compreendendo o trecho entre a divisa PE/PB (Pernambuquinho Km-0) e o entroncamento da BR-232 (Cruzeiro do Nordeste), do quilômetro 61,4 ao 68,9. Com a intervenção, serão beneficiadas mais de 35 mil pessoas, que passarão a contar, a partir de agora, com mais conforto e segurança no seu ir e vir na região.

O Contorno Viário é uma reivindicação antiga da população da região, que sofria com o tráfego de veículos pesados no centro urbano da cidade. Realizada pela Secretaria Estadual de Transportes, através do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a nova via contou com aportes do Fundo Rodoviário de Pernambuco (Furpe).

Para o governador - ''Essa via é um sonho antigo da população de Sertânia. Havia o compromisso do ex-governador Eduardo Campos de fazer essa obra, mas, infelizmente, ele não teve tempo hábil. E nós fizemos o nosso dever de casa. Juntamos um dinheirinho e estamos aplicando naquilo que é importante para o povo. Fazer o contorno de Sertânia é uma prioridade porque tira o trânsito de dentro da cidade, garante que pessoas trafeguem com mais segurança e tranquilidade. É assim que nós queremos vamos trabalhar por um Pernambuco melhor e mais igual para todos", ressaltou o governador.

Água

Paulo aproveitou sua ida à região para vistoriar as obras de implantação da Adutora do Moxotó. O governador e comitiva estiveram na Estação Elevatória da Adutora, em Arcoverde, e na Estação de Captação, Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco em Sertânia. Com 75% dos trabalhos concluídos, a previsão é de que o equipamento comece a operar no início de 2018. Quando concluída, a adutora irá abastecer cerca de 400 mil pessoas dos municípios de Arcoverde, Pedra, Venturosa, Pesqueira, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim, Tacaímbo, São Caetano e São Bento do Una. Para a sua construção, estão sendo investidos R$ 85,6 milhões em convênio com o Governo Federal.

O empreendimento é composto por três Estações Elevatórias de Água Bruta (EEAB) e 68 Km de adutoras, visando antecipar o início de operação da 1ª Etapa do Sistema Adutor do Agreste, com a implantação de adutora entre o Reservatório de Moxotó, construído junto ao Eixo Leste da Transposição e o Trecho 1A do Lote 02 da Adutora do Agreste em Arcoverde. Com o objetivo de antecipar o início de operação da 1ª Etapa do Sistema Adutor do Agreste, projetou-se o Sistema Adutor do Moxotó entre o Reservatório de Moxotó, construído junto ao Eixo Leste da Transposição e o Trecho 1A do Lote 02 da Adutora do Agreste em Arcoverde, antecipando assim a operação parcial da 1ª Etapa da Adutora do Agreste e beneficiando uma população de 10 municípios do Agreste e Sertão pernambucano.

#Sertânia #PauloCâmara

0 visualização