Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Paulo Câmara diz que está aberto para debater aliança com o PT



Após o PT-PE adiar, para o dia 10 de junho, a decisão sobre uma possível candidatura própria a governador, o governador Paulo Câmara (PSB) afirmou, nesta segunda (07), que está à disposição para debater sobre a aliança com os petistas. O socialista, que participou da cerimônia de lançamento da pedra fundamental da fábrica da Aché, no Cabo de Santo Agostinho, ressaltou que pretende respeitar “o tempo de cada partido e o prazo que eles colocam”. “Nós estamos à disposição para discussão. As definições para aliança só em julho e as convenções são em agosto. Estamos à disposição para conversar. O PSB já se colocou de maneira muito clara a nossa forma de pensar. Queremos trabalhar por um Pernambuco melhor, com mais gestão, mais emprego, mais renda e mais qualidade de vida para nosso povo. Temos um projeto nacional de centro-esquerda que nosso partido defende e o PT”, destacou Paulo Câmara. Em reunião, na manhã deste sábado (05), membros do PT-PE entraram em consenso e adiaram, para o dia 10 de junho, o encontro que deve definir se o partido terá ou não candidatura própria para governador, neste ano. A data, que estava agendada para o próximo sábado (12), foi remarcada após intensa negociação entre o grupo que defende a postulação da vereadora do recife, Marília Arraes, e a ala que prefere apoiar a reeleição de Paulo Câmara (PSB). Com informações de Juliana Albuquerque, da editoria de Economia


0 visualização