Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

OAB Pernambuco pede impugnação de candidatura do deputado Joel da Harpa



A OAB em Pernambuco protocolou, nesta quarta-feira (22), o pedido de providências para a impugnação do registro de candidatura do deputado estadual Joel da Harpa (PP). O documento foi enviado à Procuradoria Regional Eleitoral do Ministério Público Federal.

Além disso, o órgão afirmou que entrará com representação na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) por “quebra do decoro parlamentar”. A ação é decorrente da conduta de Joel durante a manifestação realizada em frente ao 1º Batalhão Integrado Especializado de Policiamento (Biesp), sediado em Caruaru.

Na ocasião, os advogados estavam realizando um desagravo público em desfavor dos quatro policiais militares envolvidos na prisão do advogado Sávio Delano, que aconteceu no dia 5 de julho. De acordo com o Presidente da OAB-PE, Ronnie Duarte, o deputado motivou a população a gerar um tumulto.

“O deputado difundiu uma falsa informação afirmando que a OAB iria acabar com o Biesp de Caruaru. Nós reconhecemos o trabalho do Biesp e o ato de desagravo é contra três ou quatro policiais”, declarou.

Segundo o parlamentar, entretanto, a confusão teria sido iniciada pelos advogados e por outros políticos que estavam no local. “Tinha políticos do Psol no local. Essa esquerda radical não quer deixar espaços para outras opiniões. Por isso, eles partiram para agressão”, defendeu.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) informou que a resolução do pedido de impugnação do deputado Joel da Harpa, bem como o de todos os outros candidatos denunciados nessa eleição, será divulgado nesta quinta-feira (23).

Mesmo após a denúncia aceita, os pedidos de impugnação são enviados ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).


0 visualização