Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Marilia Arraes é indiciada por peculato



A vereadora Marília Arraes (PT), candidata a deputada federal, foi indiciada pelo crime de peculato por supostamente manter em seu gabinete, durante o mandato anterior, quatro funcionários fantasmas.

A informação foi confirmada na tarde desta quinta-feira (20) pela delegada da Polícia Civil Patrícia Domingos.

O inquérito já foi remetido ao Ministério Público de Pernambuco. A investigação corre em segredo de Justiça.

Marília é a principal voz de oposição ao governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB). Ela foi retirada da disputa eleitoral após acordo nacional entre o PT e o PSB.

A delegada indiciou também por peculato, em inquérito diferente, o ex-presidente do PSB em Pernambuco Milton Coelho. Ele foi vice-prefeito do Recife na gestão de João da Costa (PT) e secretário de Administração no governo Paulo Câmara. O indiciamento ocorreu, conforme a investigação, em razão da contratação de três funcionários fantasmas.

Milton Coelho e Marília Arraes ainda não se pronunciaram oficialmente. Com informações da Folhapress.


0 visualização