Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

João Paulo Costa repercute pesquisa sobre escolarização de jovens


PREOCUPAÇÃO – “É preciso atenção aos dados porque se referem a pessoas em idade de formação e prestes a entrar no mercado de trabalho.” Foto: Jarbas Araújo

Mais da metade dos pernambucanos com 25 anos ou mais não concluiu a Educação Básica, informou o deputado João Paulo Costa (Avante). Ele repercutiu, na Reunião Plenária desta quinta (27), números da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “É preciso atenção a esses dados porque se referem a pessoas em idade de formação e prestes a entrar no mercado de trabalho”, avaliou.


Segundo o levantamento, 56,6% dos jovens pernambucanos não concluíram a etapa de estudos formada pelos ensinos Fundamental e Médio. “O percentual de Pernambuco supera o nacional, que é de de 52,6%. Vale destacar que, no Estado, a taxa de escolarização entre 18 e 24 anos é a menor de todas as faixas etárias”, complementou João Paulo Costa. “Vou continuar trabalhando por mais atividades extracurriculares nas escolas públicas, com o objetivo de tornar a educação e essas instituições mais atrativas para crianças e adolescentes.”

0 visualização