Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Irritado com falas de Temer, Maia quer engavetar texto da Previdência



O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), quer engavetar a proposta da reforma de Previdência. Sem previsão de que o governo consiga os votos necessários para a aprovação, o deputado vai transferir o ônus da derrota para o Planalto.

Caso não consiga o apoio de 308 dos 513 deputados para aprovar o texto no dia 20 de fevereiro, Maia não deve marcar uma nova data para a apreciação do projeto.

De acordo com a coluna 'Mercado', do jornal 'Folha de S. Paulo', o deputado teria ficado irritado com as declarações dadas pelo presidente Michel Temer na última semana sobre "ter feito sua parte" para que o texto avançasse no Congresso.

Logo, o plano de Maia é dizer que a proposta da reforma da Previdência ficará como "legado" para ser votado no próximo ano, sob gestão de um novo presidente da República.


0 visualização