Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Internauta denuncia a falta de medicamento na VII GERES, em Salgueiro-PE


Internauta e Leitor deste blog, Hildeberg de 47 anos, residente no bairro da Cohab, entrou em contato com este blogueiro para denunciar a falta de medicamentos na VII GERES de Salgueiro-PE (antiga Fusam).


Hildeberg relata que sofre com problemas de saúde e que é paraplégico, sempre que sua esposa vai a VII GERES, funcionários manda ela volta em tal dia e a sim se repete, indo e vindo, sem receber nem um medicamento.

Ele ainda relata que só da VII GERES recebe 3 tipos de medicamentos diferentes totalizando 9 caixas mensais dos mesmos, apenas um dos medicamentos chamado gabapentina serve para dor neuropática crônica que não tem cura e amenizar a dor, e que toma 4 caixas por mês deste medicamento, que custa em torno de R$ 300,00 mensais.

Ainda em conversa com este blogueiro, o mesmo desabava da atual situação:

Eles a VII GERES, diz que essa gabapentina nunca falta, eu recebi uns meses e parou ta com 2 meses que não vem nem um, reconheço quando para assim, vai longe, eu já passei de ano sem receber e eles dizem que era por causa da ação judicial. Tiraram da ação judicial a gabapentina, eles dizem que não tem, não chegou de Recife... Pode ser verdade, mas tenho minhas dúvidas que eles mesmo dizem que nunca faltava. Só para mim que era ação judicial... Brincadeira o cara puxar quase 600 reais para comprar estes medicamentos, que já ganho por direito até na justiça e nada. É revoltante!

Hildeberg tem carteira de LA, onde deveria receber as 9 caixas de medicamentos por mês, os medicamentos são doxazosina, retemic e a gabapentina, a carteira de LA prova que ele já passou de ano sem receber os medicamentos e que toma para controlar também a pressão da bexiga, mas o mais importante de todos é a gabapentina que não pode ficar sem tomar.


0 visualização