Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Indicadores econômicos avançam e Brasil volta a crescer


No último ano, inflação caiu pela metade, risco Brasil recuou em quase 300 pontos, bolsa de valores voltou a subir e o real se fortaleceu frente ao dólar.


Desde maio do ano passado, quando teve início o governo Michel Temer, os principais indicadores econômicos do País entraram em um processo de reversão. A inflação caiu pela metade, o risco Brasil recuou em quase 300 pontos, a bolsa voltou a subir e o real se fortaleceu frente ao dólar.

Agora, depois de medidas adotadas pelo governo, a recessão começa a ficar para trás e o País dá os primeiros sinais de crescimento. A expectativa de especialistas é de dados cada vez melhores nos próximos meses e anos.

Já no primeiro trimestre de 2017, indicadores que buscam prever o comportamento do Produto Interno Bruto (PIB) mostram que a economia voltou a crescer. Em fevereiro, segundo dados do Banco Central, o País avançou 1,31% frente a janeiro.

Outros indicadores reforçam esse quadro de retomada. O risco Brasil, medido por contrato de Credit Swap Defaut (CDS), despencou no último ano. No pior momento, em dezembro de 2015, esse termômetro chegou a bater próximo dos 500 pontos. Hoje, depois de reformas e outras medidas, ele está pouco acima de 200 pontos.

Essa mudança no risco Brasil significa que o País se tornou mais confiável para investimentos e capaz de reunir condições necessárias para o desenvolvimento econômico. Para chegar a esse ponto, o governo trabalhou para reduzir a inflação e fazer o dinheiro do brasileiro valer mais. Além disso, criou as condições para derrubar os juros.

Em um ano, mudanças importantes foram implementadas. Entre outras, o governo liberou o saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A medida vai gerar impactos positivos para o Produto Interno Bruto (PIB) e para o mercado de trabalho.

Fonte: Portal Brasil/imagemgoogle


0 visualização