Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Governo diz ter ‘força-tarefa’ para reabastecer estoque da Farmácia do Estado


Após o Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) determinar que a Secretaria Estadual de Saúde tem até o dia 31 de julho para regularizar o estoque de medicamentos da Farmácia do Estado, a pasta informou, por meio de nota, que já formou uma “força-tarefa” para atender atender à decisão da Corte. A secretaria afirmou que já realizando negociações com fornecedores dos medicamentos e que está mantendo diálogo com o Ministério da Saúde.


“A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informa que montou uma força-tarefa para reabastecer os estoques de medicamentos da Farmácia de Pernambuco. Para isso, foram feitas negociações com fornecedores e a SES mantém diálogo com o Ministério da Saúde (MS) para regularização dos fármacos de responsabilidade do órgão federal e que estão com a entrega atrasada. No último mês, ainda foram nomeados 45 profissionais para as unidades da Farmácia, entre farmacêuticos e técnicos de farmácia, que já estão sendo lotados com o objetivo de otimizar e qualificar o atendimento e os processos de trabalho”, diz a nota.


Segundo dados do Ministério Público do Estado (MPPE), dos 231 medicamentos que devem fazer parte da lista do órgão, 139 estão em falta, o que representa uma taxa de desabastecimento de 60%. O caso é alvo de um inquérito civil público aberto pelo MPPE há cerca de três anos, conforme matéria da jornalista Cinthya Leite no Jornal do Commercio.


“A SES também vem mantendo o diálogo com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) sobre a situação, além de ter solicitado apoio para atuação junto às empresas com fornecimento atrasado. Por fim, a SES esclarece que, de janeiro a maio deste ano, mais de R$ 40 milhões já foram pagos às empresas fornecedoras, sendo R$ 36 milhões do tesouro estadual (87%)”, completa a nota da secretaria. (com informações Jamildo)

10 visualizações