IMG-20191213-WA0051.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Governo de Pernambuco abre inscrição para curso gratuito de EAD em Direitos Humanos



O Governo de Pernambuco realiza, pela primeira vez, um curso na modalidade de Educação a Distância (EAD) com a temática “Direitos Humanos e Promoção dos Direitos nos Municípios do Estado de Pernambuco”. Com um total de 1 (uma) mil vagas, as inscrições serão realizadas em 3 (três) períodos distintos. São eles: 12 a 29/12/2017, de 01 a 10/02/2018, e de 01 a 09/03/2018. A inscrição, que é gratuita, deverá ser realizada através do site www.sjdh.pe.gov.br, no link "Direitos Humanos e Promoção dos Direitos nos Municípios do Estado de Pernambuco". A ação faz parte das comemorações pelo Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos, celebrando mundialmente em 10 de dezembro.

Podem inscrever-se e concorrer às vagas gestores públicos municipais; técnicos das gestões municipais; servidores públicos municipais e estaduais; participantes de movimentos sociais e organizações da sociedade civil com atuação em Pernambuco. Será reservado o percentual de 5% (cinco por cento) para preenchimento por pessoas com deficiência, observando-se a habilitação técnica e outros critérios previstos neste edital. A seleção dos aprovados levará em consideração a avaliação curricular.

Cada curso terá carga horária total de 200h/aula, divididas em cinco módulos, e duração de quatro meses. Os temas abordados serão: Introdução e Conhecimentos Gerais de Direitos Humanos Garantia de Direitos Humanos com ênfase para a população idosa, Garantia de Direitos Humanos com ênfase para a população LGBTI, Garantia de Direitos Humanos com ênfase para a população vítima de violência, Fundamentos da mediação comunitária de conflitos. Com a conclusão e aprovação o aluno receberá certificado emitido pela Universidade de Pernambuco (UPE).

O resultado final do Processo Seletivo, após todos os recursos interpostos, será homologado e publicado no Diário Oficial do Estado em duas listagens por ordem alfabética, contendo nome do candidato, pontuação final e ordem de classificação, sendo uma com todos os candidatos classificados no número de vagas oferecidas e outra com os candidatos declarados pessoas com deficiência, não se admitindo recurso desse resultado final.


0 visualização