Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

General que falou em intervenção militar no Brasil segue no cargo



O general do Exército Antonio Hamilton Mourão não se afastou do cargo, mesmo após ter sido exonerado por sugerir uma intervenção militar no Brasil, caso o Judiciário não conseguisse resolver "o problema político" do país.

De acordo com a coluna da Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o ato de exoneração do cargo que general ocupa na Secretaria de Economia e Finanças do Exército foi assinado em dezembro do último ano. Apesar do governo ter decidido que Mourão viraria adido na secretaria-geral da instituição, ele ainda segue no posto.

Além de mencionar a intervenção militar, o general também afirmou que gestão Michel Temer se equilibra mediante um "balcão de negócios". Segundo a coluna 'Poder', membros do governo federal disseram, a interlocutores, que o ataque do general à figura do presidente era "inaceitável".


0 visualização