Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Fatos & Opiniões



Um diálogo entre amigos: O politelismo

Nesta segunda-feira (16), enquanto rabiscava pautas para o blog, fui bombardeado por amigos que estavam em duvida sobre politica para 2018 e sobre o candidato a presidente, Jair Bolsonaro, uma pergunta foi feita por um amigo, e com um novo amigo tivemos um diálogo sobre a mesma questão politica, em que se trata de Jair Bolsonaro e outros candidatos a presidente do Brasil.

Vamos aos Fatos & Opiniões a sobre a minha posição na pergunta e diálogo

(...)

Dr. Raniere - Amigo, por gentileza ajude o amigo aqui a tirar uma grande duvida?

Mikael Sampaio - Qual duvida?

Dr. Raniere - Quais as razoes de votar em Jair Bolsonaro?

Mikael Sampaio - Olha DR. Raniere Cada um de nos temos a nossas próprias razões.

Sabemos o que se passa no nosso país diante de tudo que vermos nas grandes mídias e noticiários deste país, vivemos em um Brasil morrendo na corrupção, e candidatos andando no mesmo caminho, como andarilho, sem rumo e perdido. Hoje vemos milhares de políticos envolvidos neste tema (corrupção), que muitos dos quais você já conhece estes candidatos e ambos eu e você já voltamos em alguns deles.

Na minha opinião estou escolhendo Bolsonaro não por ser um conservador ou membro da direita, mas, por não encontrar nele nem um caso de corrupção que encontramos em outros candidatos. Ambos eu e você sabemos que os outros estão envolvidos nos escândalos que assolam o país. Não sabemos se ele (Bolsonaro), será um grande presidente, mas temos que colocar sangue novo nesta velha politica corrupta brasileira.

Nos o povo brasileiro precisamos mudar o cenário politico do nosso Brasil. Não sabemos como sera o futuro, mas para mim ele (Bolsonaro) é o meio único que atinge diversos fins para melhorar o Brasil e combater a corrupção. Ambos eu e você já votamos em candidatos que naufragaram o Brasil, não só naufragaram, desenvolveram e depois terminaram de afundar o país, como ainda esta acontecendo este grave afogamento.

Além de tudo isso, vemos um Brasil com a falta de segurança pública, a saúde um caos, e a educação lenta no caminho. Se colocamos os mesmo políticos que hoje vemos, o Brasil continuara sendo o mesmo - uma republica de bananas - continuando do mesmo jeito. O que queremos para o Brasil? Ambos nos dois juntos sabemos. Não posso ler a sua mente, mas acredito que você sabe muito bem o que queremos. Esta é a minha razão de votar nele, de querer um novo Brasil ou seja como falei: O Meio único que atinge diversos fins para combater a corrupção.

Pergunta feita por Dr. Raniere Souza, Advogado residente em Salgueiro.

(...)

Agora um dialogo com um novo amigo, onde neste dialogo ele no inicio é um membro do centro-esquerda, que acaba deixando de lado e que também estava em duvida.

Ivan Almeida: Amigo, sinceramente acho Bolsonaro além dessa figura polêmica, uma incógnita!

Mikael Sampaio - Entendo, já que você é do centro-esquerda!

Ivan - Eu não mim considero mais. Mas o bom são as formas diferentes de ver cada uma dessas figuras enigmáticas de 2018.

Mikael - Exato! Mas 90% destas figuras estão envolvidas em corrupção o que levar a crer que a população brasileira esta cansada disso, e que realmente (para mim) Bolsonaro é o politelismo certo para conter a corrupção.

Ivan - Verdade, tem que acontecer uma mudança nos representantes, consequentemente nos perfis já taxados.

Mikael - Exatamente, e é isto que levar a população brasileira a crer em um novo sangue politico, entre eles Bolsonaro e Luciano Huck, que não estão taxados no perfil corrupto.

Ivan - Luciano tem um espaço bom, mas não tem um nome forte como Bolsonaro, ele esta muito longe.

Mikael - Verdade, mas ele andava com Aécio o que faz o brasileiro não colocar confiança nele.

Ivan - Você ver pelo o quanto incomoda, claro que isso é um forma de autopromoção, que diga que está dando certo, mostra o crescimento nas últimas pesquisas, ele gosta, ele surgiu como esse perfil extremista, e está dando certo. Um extremo a outro.

Mikael - Ele vem crescendo, mas não podemos depositar esta confiança assim nele. Pois é política.

Ivan - Exatamente, junto com o crescimento nas pesquisas, o índice de rejeição é tão quanto dois extremos, ou seja, fica aquelas brigas nas redes sociais DEFENSOR DE LULA X DEFENSOR DE BOLSONARO, esses são como água e óleo não se misturam...

Mikael - Isso mesmo, agora não devemos colocar confiança nas falas deles. É isto que eu faço! Não ponho confiança no que eles falam, mas sim no que eles escrevem, pois a fala cai no esquecimento e o que ele escreve não. O que ele escreve se registra, já a fala não se registra apenas atrai confusão! Quando vou a um comício não interessa o que ele vai falar, mas o que ele escreveu e fala retirando do papel que deixa registrado. Pois o escrito nos analisamos para entender e cobrar, já a fala nos esquecemos e criamos a incerteza.

Ivan - Ótima visão, falar qualquer um fala.

O dialogo foi feito com Ivan Almeida, administrado de empresas residente em Salgueiro e futuro colunista deste blog.

Diante de tudo vemos a preocupação do eleitor em escolher seu candidato para administra o nosso país, tanto o centro-esquerda, quanto os do centro-direita.

Como fala Janine em Politica Para Não Ser Idiota: Faz parte da democracia que continuemos juntos mesmo com divergências radicais. Que na verdade há vários níveis de consensos, vários níveis de tolerância na sociedade.

Por isso que dificulta a escolha do candidato.


1 visualização