IMG-20191213-WA0051.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Ex-comandante do BPRv e chefe de fiscalização do DER são indiciados por corrupção


Foram indiciados, pela Polícia Civil de Pernambuco, o chefe de fiscalização do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Laurent Licari, e o ex-comandante do Batalhão da Polícia Rodoviária (BPRv), da Polícia Militar de Pernambuco, coronel Clóvis Pereira.

Segundo a delegada Patrícia Domingues, responsável pelas investigações, os dois são suspeitos de participação em um esquema de corrupção.

De acordo com a delegada, eles direcionavam e intensificavam fiscalizações em companhias de transporte de trabalhadores com o objetivo de favorecer determinadas empresas. "Desta forma, as empresas fiscalizadas 'sofriam' muito mais do que as outras empresas que acabavam se beneficiando com o prejuízo que as empresas prejudicadas teriam”, comentou a delegada. Foram indiciados, por corrupção ativa, o gerente Operacional da Borborema, Osvaldo dos Santos, e o diretor executivo da Asa Branca, Felipe Rodrigues de Melo, que também é filho do proprietário da empresa.

Patrícia Domingues informou que os benefícios que o chefe do DER e o coronel recebiam eram vantagens financeiras. "Verificamos que, ao longo de 2015 e 2016, que foi a gestão do comandante Clóvis no BPRV, ele recebeu diversos depósitos bancários não identificados em suas contas bancárias", comentou a delegada, que acredita que ele recebeu, pelo menos, R$ 65 mil de forma ilícita.

Via:Folha de Pernambuco


0 visualização