banner technobytes.jpeg
OTa2.jpg
LOGO MEGA.jpg
Banner Aveloz
  • Mikael Sampaio

Em Verdejante, falta água e sobra descaso! Veja os vídeos

Fomos informados por um morador da comunidade dos Gróssos, em Verdejante/PE, sobre um vazamento na tubulação que leva água até aquele povoado e outras regiões circunvizinhas.


Decidimos ir ao local indicado, qual seja, às margens da BR 232, em frente a entrada do Sítio Mamoeiro, e lá chegando pudemos confirmar a veracidade do relato que nos havia sido feito.

No local, nos deparamos com um volume intenso de água jorrando do subsolo, de modo consistente e permanente, alagando à área ao redor e transformando aquele ponto em um verdadeiro "oásis sertanejo", pontuado de uma vegetação verde que destoa totalmente da paisagem seca e cinzenta, típica do nosso Sertão, sobretudo, na época atual.


Aquela cena por nós registrada em vídeos, dá a exata e verdadeira dimensão do descaso e da falta de compromisso das autoridades com a situação de quase calamidade, ora vivenciada pela população do município de Verdejante/PE, e por extensão, das demais cidades da região, cujas populações sofrem diuturnamente com a falta de água e, em especial, de investimentos públicos sabidamente necessários à normalização do abastecimento de água potável para o nosso povo.


É época de eleição municipal, e talvez as promessas de solução não apareçam. Mas, certamente no ano de 2022 surgirão diversos políticos, travestidos de "benfeitores", para solucionar a questão, todos munidos de uma promessa vã para não ser cumprida, de um compromisso qualquer para não ser honrado, ou quem sabe, da assinatura de uma "ordem de serviço" para iniciar uma obra imediata que jamais será concluída... pelo menos até a chegada da próxima eleição.


E assim, essa ilusão cíclica, vendida a preço promocional em períodos de campanhas eleitorais, se perpetua no tempo, sem que os benfeitores de ocasião demonstrem qualquer preocupação com a sede, a humilhação ou o sofrimento do povo.


Bem disse o saudoso Luiz Gonzaga: "Seu dotô uma esmola para um homem que é são, ou lhe mata de vergonha, ou vicia o cidadão".


Mas, afinal, quem se importa com o cidadão, se tudo o que importa é o voto na hora da eleição?


Com a palavra às autoridades da COMPESA e do Município de Verdejante.


*GILSON ALVES .

Advogado*

OAB/PE 15.237-D.





0 comentário