IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
Camarao e cia.jpg
LOGO MEGA.jpg
Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
  • Mikael Sampaio

Disparos contra caravana de Lula foram intencionais, diz delegado



Os tiros disparados contra a caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram intencionais, segundo o delegado responsável pela investigação, Helder Andrade Lauria. Para ele, o autor do crime teve a intenção de atingir o veículo.

Lauria afirmou na 4ª (2.mai.2018) que a identidade do autor dos disparos e o motivo ainda são investigados pela Delegacia de Laranjeiras do Sul, no Paraná. A Secretaria de Estado da Segurança Pública informou que mais detalhes não serão fornecidos para não atrapalhar o andamento das investigações.

Três ônibus da Caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pela região Sul foram atingidos por tiros em 27 de março. O episódio, segundo a equipe do petista, ocorreu entre as cidades de Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul, no Paraná. Quatro balas acertaram a lataria dos veículos

De acordo com a assessoria do ex-presidente, ninguém ficou ferido. O ônibus atingido faz parte da frota da empresa Corumbau Brasil, contratada para a caravana.

Dos 3 ônibus, o último, que levava jornalistas, recebeu 2 tiros na lataria e outro de raspão em 1 dos vidros. O terceiro tiro acertou o ônibus do meio que transportava assessores. O ex-presidente estava no ônibus da frente.