Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Delegado da PF que investigava morte de Teori Zavascki é morto em SC


Adriano Soares estava em uma casa noturna em Florianópolis quando foi assassinado; desde janeiro ele era responsável por investigar acidente aéreo que matou ministro.


Dois delegados da Polícia Federal, um deles responsável pela investigação da morte do ministro Teori Zavascki, foram assassinados em uma casa noturna em Florianópolis. O crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira, 31, na chamada Portinha Azul, no bairro Estreito.

Segundo informações de alguns clientes que não quiseram se identificar, os delegados se desentenderam com um terceiro cliente, que é proprietário de uma barraca de cachorro-quente na região, o Milton Dogg. Houve trocas de tiros. Os delegados morreram e o empresário foi encaminhado ferido para o hospital.

Elias Escobar, 60 , e Adriano Soares, 47 , atuavam no Rio de Janeiro e estavam na cidade para um curso da instituição.

Em janeiro deste ano, Soares foi designado para investigar o acidente aéreo que matou o ministro Teori Zavascki e mais quatro pessoas em Paraty, no RJ. Ele tinha 18 anos de carreira. Já Escobar era chefe da Polícia Federal em Niterói.

Via: Estadão/Foto: Estadão


0 visualização