banner technobytes.jpeg
OTa2.jpg
LOGO MEGA.jpg
Banner Aveloz
  • Mikael Sampaio

Criadores têm até 31 de agosto para declararem vacinação contra febre aftosa


Foto: ilustração

Os criadores de caprinos e ovinos do Sertão pernambucano precisam ficar atentos ao prazo de declaração da vacinação do rebanho contra a febre aftosa. O período será encerrado no dia 31 de agosto. O prazo para declaração foi prorrogado devido à pandemia do Novo Coronavírus.


Em Pernambuco, mais de 23 mil criadores ainda não declararam a vacinação do rebanho. A imunização de bovinos e bubalinos é obrigatória e fundamental para o estado manter o reconhecimento de zona livre de febre aftosa com vacinação.

Este ano, devido à pandemia, a declaração pode ser feita pelo site da Adagro ou pelo whatsapp da agência. No site da Adagro é possível pelo Siapec3. Nele é possível fazer um pré-cadastro para ser liberado automaticamente. Será feita uma senha para a realização da declaração. O sistema também pode ser baixado pelo celular, tanto IOS quanto Android.

Cada agência disponibilizou um telefone aos produtores para a realização da declaração via Whatsapp Para fazer a declaração, é preciso apresentar a nota fiscal de compra da vacina e o CPF do criador. Será preciso atualizar o cadastro, detalhando o rebanho por sexo e idade.

Quem não vacinar ou não declarar terá penalidade com multa mínima de R$ 300,00 por propriedade e R$ 60,00 por animal não imunizado. Além disso, o produtor ainda fica impossibilitado de retirar a Guia de Trânsito Animal (GTA), necessária para circulação de animais para abate ou comercialização.

Petrolina possui 13.176 animais para serem vacinados. A Agadro em Petrolina fica na Avenida das Nações, Gercino Coelho. O telefone é (87) 3866-6464. (Fonte: G1)

0 comentário