banner technobytes.jpeg
OTa2.jpg
LOGO MEGA.jpg
Banner Aveloz
IMG-20220720-WA0032.jpg
  • Mikael Sampaio

Covid: PE realiza mobilização para vacinar crianças


Com pouco mais de 25% da população de 5 a 11 anos vacinada contra a Covid-19, Pernambuco inicia, na próxima semana, uma mobilização para acelerar a imunização das crianças em todo o Estado. O anúncio da Campanha foi feito pelo secretário de Saúde André Longo durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (17.02). A estratégia, pactuada com todos os municípios, deve atingir diversos locais de circulação das crianças, especialmente as escolas, e vai culminar no “Dia C” de vacinação, realizado no sábado, dia 26 de fevereiro. A previsão, até o momento, é de que Pernambuco receba, até a próxima sexta-feira (18.02) mais de 227 mil doses, entre remessas de Coronavac e Pfizer pediátrica, destinadas ao público infantil.

“Temos, até o momento, pouco mais de 25% dessa população vacinada com a primeira dose. É um quantitativo ainda muito baixo, que significa risco para toda a sociedade e, principalmente, para as próprias crianças. Para proteger nossos pequenos, pactuamos com os municípios essa grande mobilização. As estratégias devem atingir diversos locais de circulação dos menores, principalmente o ambiente escolar, e vão culminar com o Dia C de vacinação, no sábado, dia 26 de fevereiro”, explicou o secretário André Longo.

Ao longo da próxima semana, de 21 a 25 de fevereiro, os municípios deverão intensificar a vacinação nas escolas. “As estratégias devem atingir os locais de grande circulação dos pequenos, especialmente as escolas, porque são espaços onde as crianças passam mais tempo e são locais propícios para o convencimento dos pais sobre a importância da vacinação. A vacina tem se mostrado uma grande medida de prevenção e controle do novo coronavírus, com redução de casos graves e óbitos. Ou seja, se temos uma medida de controle segura e eficaz, administrada em outros inúmeros países, é essencial desburocratizar o processo de vacinação”, ressaltou a superintendente de Imunizações da SES-PE, Ana Catarina de Melo.

Até o momento, a Secretaria já distribuiu 640.380 doses de vacinas contra a Covid-19 destinadas às crianças para os municípios pernambucanos. Destas, 300.979 foram aplicadas pelas cidades.

PESQUISA - Levantamento realizado pelo Instituto de Avaliação de Tecnologia em Saúde (IATS) apontou que, se o Brasil estivesse vacinando as crianças num ritmo ideal (1 milhão de doses aplicadas por dia) poderia se evitar, até abril, 5,4 mil hospitalizações e 430 óbitos pela Covid-19 na faixa etária de 5 a 11 anos. Já quando se avalia todas as faixas etárias, a vacinação mais rápida poderá impedir, neste mesmo período, ao menos 14 mil hospitalizações e mais de 3 mil óbitos pela doença.

“Vivemos, hoje, uma pandemia de não vacinados. Quatro de cada cinco mortes e quatro de cada cinco internados, são pessoas que não estavam completamente vacinadas. Portanto, está mais do que provado que vacinas, além de seguras, salvam vidas. Não corra riscos desnecessários, se vacine e também proteja seus filhos”, alertou André Longo.

Foto: Miva Filho / SES-PE / Acervo

0 comentário