banner technobytes.jpeg
OTa2.jpg
LOGO MEGA.jpg
Banner Aveloz
IMG-20220720-WA0032.jpg
  • Mikael Sampaio

Contratações do Crédito Popular operado pela AGE avançam no Sertão do Estado


As contratações do Crédito Popular, programa operado pela Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE), estão avançando no Sertão do Estado. A região já responde por 29% do total de volume liberado, que chegou a R$ 33,1 milhões desde que foi criado, em outubro de 2019, ultrapassando a marca de mais de 15 mil pessoas beneficiadas. Agora, com o Plano Retomada, lançado pelo governador Paulo Câmara em agosto, ficou ainda mais rápido e fácil obter um financiamento pelo programa, que é destinado a empreendedores formais ou informais, micro e pequenas empresas.


Para se ter uma ideia das novas condições, o valor máximo, que era de R$ 4 mil, passou para R$ 5 mil, com até 14 meses para pagar, sendo dois meses de carência. Quem quitar as parcelas em dia, ganha o bônus de adimplência, pagando apenas 0,50% de juros ao mês. O dinheiro pode ser utilizado, por exemplo, para capital de giro, renovação de estoque, reformas, aquisição de maquinário e equipamentos. Desde que as mudanças entraram em vigor, já foram liberados mais de R$ 2,5 milhões para mais de 1.100 pessoas, ajudando na recuperação dos pequenos negócios enquanto ainda convivemos com a pandemia da Covid-19.


“Baixamos os juros e aumentamos o limite do Crédito Popular, pois os próprios clientes pediram estas mudanças. Nessa faixa de valor, a taxa de 0,5% ao mês é a mais baixa do mercado”, afirma o diretor-presidente da AGE, Márcio Stefanni. Ele ressalta que os informais foram muito afetados pelas medidas sanitárias tomadas devido à pandemia da Covid-19 e que o Crédito Popular ajuda na inclusão socioprodutiva dessas pessoas, gerando ocupação e renda para que a economia possa, aos poucos, voltar a girar.

No Sertão do Estado, a AGE dispõe de nove agentes de crédito baseados em Afogados da Ingazeira, Araripina, Arcoverde, Floresta, Ouricuri, Petrolina, Salgueiro, São José do Belmonte e Serra Talhada, atendendo também cidades vizinhas. Em Afrânio, por exemplo, o Crédito Popular beneficiou Isaura Rodrigues, que tem um ateliê no centro da cidade. “Eu costuro os modelos a partir de tecidos trazidos pelos clientes e também vendo barbantes e linhas. Precisava renovar o estoque de mercadorias”, diz a empreendedora.


Marcia Cristina Cavalcanti também é de Afrânio e tem uma butique no centro da cidade, onde vende roupas e acessórios femininos. “Este dinheiro chegou num bom momento, pois devo usá-lo para repor os estoques. Foi algo que veio mesmo a calhar”, comenta a comerciante, que buscou financiamento em cinco parcelas e planeja renová-lo. Tanto Isaura quanto Marcia foram atendidas em seu município pela agente de crédito Elaine Andrade.

CredAGE - Para quem é microempreendedor individual (MEI), possui microempresa ou empresa de pequeno porte com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões, o Governo de Pernambuco lançou o CredAge Retomada. Nessa modalidade, o valor a ser financiado pode chegar a R$ 100 mil para investimento ou capital de giro, com taxas de juros de 0,99% para quem paga em dia. Para o beneficiado MEI, o financiamento é de até R$ 21 mil. O valor pode ser parcelado em até 36 meses, com 3 meses de carência. Para mais informações e para fazer o pré-cadastro para as linhas de crédito da AGE, basta acessar o site www.age.pe.gov.br. O atendimento telefônico é feito pelo (81) 3183-7450 (também WhatsApp), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h30 e das 14h às 18h.


Sobre a AGE - A Agência de Empreendedorismo de Pernambuco é uma instituição financeira de economia mista integrante da administração indireta do Governo do Estado de Pernambuco e ligada à Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq). Tem como missão promover e financiar o empreendedorismo, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do Estado. Mais informações: www.age.pe.gov.br.

0 comentário