Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
Camarao e cia.jpg
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Confrontos em Jerusalém já somam mais de 760 feridos



O balanço atualizado dos feridos durante os confrontos ocorridos nesta sexta-feira (8) na Cisjordânia, em Jerusalém e em Gaza já chega a 767, informam entidades de assistência internacionais. Desses, 61 foram atingidos por armas de fogo, 479 ficaram intoxicadas por gás lacrimogêneo, 200 foram atingidos por balas de borracha e outros 27 por causas diversas.

Confrontos com o Exército israelense teriam começado após protestos, convocados pelo grupo Hamas, contra a política do presidente dos Estados Unidos. Donald Trump reconheceu Jerusalém como a capital de Israel.

Em meio a onda de violência em Jerusalém, Cisjordânia oriental e na Faixa de Gaza, uma sirene de alarme antimíssil foi acionada no sul de Israel, em comunidades ao redor de Gaza, informou a imprensa local nesta sexta-feira. Com informações da ANSA.


0 visualização