banner technobytes.jpeg
OTa2.jpg
LOGO MEGA.jpg
Banner Aveloz
IMG-20220720-WA0032.jpg
  • Mikael Sampaio

Com ocupação de UTI em 88%, Pernambuco anuncia abertura de 199 leitos para Srag


Pernambuco registrou, nesta quinta-feira (10), uma ocupação de 88% nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) dedicados a casos de Síndrome Respiratória Agura Grave (Srag), que são suspeitos de Covid-19.


Por causa do aumento consecutivo semanal de casos de Srag registrados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), foi anunciada a abertura de 199 leitos dedicados a pacientes com a síndrome no Estado.


Todas as quatro macrorregionais de saúde do Estado serão beneficiadas com a ativação destes 199 leitos até o fim de dezembro. Do total de vagas, 119 são na RMR, sendo 46 de UTI. As outras são no Agreste (10 de UTI) e Sertão (40 de UTI e 30 de enfermaria).

Na última segunda-feira (7), já havia sido anunciada a abertura de 20 leitos de enfermaria, além de outros 30 (10 de UTI e 20 de enfermaria) para os próximos dias no Hospital de Referência à Covid-19 – unidade Olinda (Maternidade Brites de Albuquerque). As outras vagas foram disponibilizadas nos hospitais Maria Vitória, Evangélico e no Antigo Alfa, todos no Recife.


Os novos leitos serão abertos nos hospitais Agamenon Magalhães, Português, Santo Amaro, Maria Vitória e Cesac Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR); Hospital de Campanha Mestre Vitalino, em Caruaru; Hospital Eduardo Campos, em Serra Talhada; Hospital Santa Maria, em Araripina; e na UPAE de Petrolina.


Durante o anúncio, o secretário de Saúde, André Longo, fez um apelo à população para evitar os adoecimentos, chamando a atenção do público jovem para os riscos da exposição.


“É fato que a forma mais grave da doença predomina nos grupos de risco, só que os mais jovens não estão imunes a ela e nem ao risco de complicações e até mesmo de morte pela Covid-19. Além disso, se abrem mão dos cuidados, podem se transformar em agentes transmissores para pessoas próximas mais vulneráveis. Eu sei que isso se torna uma grande responsabilidade para a juventude, mas é nosso dever alertar para esta realidade. Ainda não vencemos a pandemia, e cada pessoa pode fazer a sua parte. Isso diz respeito à própria vida e também às vidas de familiares e de todas as pessoas importantes para nós”, reforçou.


Atualmente, o Estado conta com 839 leitos de UTI dedicados a casos de Srag, com ocupação em 88%; e 807 leitos de enfermaria dedicados a casos de Srag, com ocupação em 68%. (Fonte: FolhaPE)

0 comentário