Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Coelho fará travessia do PPS para oposição



O deputado federal Daniel Coelho chega ao partido não só com a missão de comandar e trazer novos quadros diante da debandada de alguns filiados, mas de realizar a travessia da legenda da base do governo Paulo Câmara (PSB) para a oposição. O movimento foi confirmado, nesse domingo (25), pelo presidente nacional da legenda, Roberto Freire. Segundo o dirigente, o caminho que o PSB tomou de se reaproximar do PT torna um alinhamento difícil de ocorrer.

“Nós derrotamos o Lulopetismo e eles fizeram a sua opção de forma que fica difícil a convivência”, disse o deputado ressaltando que a posição se trata de uma opinião pessoal e que a mudança de campo será de autonomia da executiva estadual, no caso Coelho, o que não será tarefa difícil. O próprio Daniel enquanto filiado ao PSDB já fazia coro contra o Palácio do Campo das Princesas. No entanto, lideranças importantes da legenda como o ministro Raul Jungmann era que mantinham o partido nas hostes socialistas. Jungmann era tido, nos bastidores, como um dos que defendiam a manutenção do apoio a Paulo Câmara. O ato de desfiliação do ministro, por sinal, se deu por não concordar com a posição da executiva nacional de levar o partido para a oposição. A leitura, entretanto, é que ao pedir a desvinculação e anunciar que não disputaria a eleição, Jungmann se libertou das amarras que tinha com a gestão socialista. Nos bastidores, informações dão conta que o auxiliar do Planalto deverá se filiar a uma legenda que esteja integrada a Frente Popular.


0 visualização