banner technobytes.jpeg
OTa2.jpg
LOGO MEGA.jpg
Banner Aveloz
  • Mikael Sampaio

Cinturão das Águas do Ceará tem reforço de R$ 60 milhões



Mais de R$ 60 milhões serão aplicados na obra do Cinturão das Águas do Ceará (CAC). Os recursos serão encaminhados o governo do Ceará pelo Ministério da Integração Nacional.

O anúncio foi feito nesta terça-feira (6) pelo ministro Helder Barbalho e a medida, publicada no Diário Oficial da União (DOU). Novas liberações serão feitas, gradativamente, em função da análise da execução das obras.

Na semana passada já foram pagos R$ 11,8 milhões para a obra que, quando concluída, abastecerá mais de um milhão de pessoas. O Cinturão vai receber a água do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

No último ano – entre maio de 2016 e abril de 2017 –, o empreendimento obteve mais de R$ 244 milhões da União, valor 70% superior ao mesmo período do ano anterior – entre maio de 2015 e abril de 2016. Além do apoio àquela que é considerada a principal obra hídrica estruturante do Ceará, o Ministério da Integração Nacional está auxiliando o governo do estado com outras ações e projetos para melhorar a qualidade de vida da população, que tem enfrentado período de estiagem prolongado. Estações elevatórias

A pasta também auxiliou o estado com recursos que vão aumentar o abastecimento de água na região metropolitana de Fortaleza, ao restabelecer a capacidade de bombeamento das estações elevatórias do Castanhão, Banabuiú e Itaiçaba.

Além disso, foram destinados recursos federais para 27 obras hídricas estruturantes. Mais de cem cidades são contempladas. A população já é atendida pelos Trechos IV e V do Eixão das Águas, que atendem mais de 4,2 milhões de habitantes. Também foram disponibilizados recursos para a implementação de adutoras de engate rápido para o abastecimento de água nos municípios de Iracema, Mineiro, Tamboril, Apuiarés, São Luis do Curú, Ocara, Triângulo, Aruaru e Pereiro. As obras são executadas sob a responsabilidade do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs). Carro-Pipa

Somente no Ceará, a Operação Carro-Pipa investiu R$ 73 milhões para atender diariamente 682,1 mil pessoas em 94 municípios, de janeiro a março de 2017.


0 comentário