banner technobytes.jpeg
OTa2.jpg
LOGO MEGA.jpg
Banner Aveloz
IMG-20220720-WA0032.jpg
  • Mikael Sampaio

Cinturão das Águas do Ceará recebe mais R$ 54,5 milhões em recursos federais


O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) liberou novo aporte de R$ 54,5 milhões para a continuidade das obras do Cinturão das Águas do Ceará (CAC), empreendimento essencial à garantia de segurança hídrica para 4,5 milhões de moradores na Região Metropolitana de Fortaleza. O anúncio de mais investimentos foi feito pelo ministro Rogério Marinho, nesta quinta-feira (25), durante reunião com o governador Camilo Santana.


“O Cinturão das Águas do Ceará é um empreendimento vital à segurança hídrica para a população de Fortaleza e de cidades próximas. Além disso, com a certeza de continuidade, estamos fomentando a manutenção de empregos e contribuindo com a economia local, sobretudo nesse momento de pandemia. O compromisso do Governo Federal é em não paralisar as obras”, afirmou Marinho.


O CAC é uma obra complementar ao Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco e integrará as águas do ‘Velho Chico’ à bacia do Rio Jaguaribe. O trecho prioritário de 53 quilômetros já está apto à passagem dos recursos hídricos, que terão múltiplos usos: abastecimento humano, público e industrial.


Orçado em R$ 1,6 bilhão, o Cinturão das Águas já recebeu R$ 1,1 bilhão em recursos federais. A obra é tocada pelo Governo do Ceará, que também investe R$ 393,5 milhões em contrapartidas.


A expectativa é que, em agosto, sejam iniciados os testes de entrega de água do Projeto São Francisco ao CAC. O acionamento da comporta que será responsável pela chegada das águas do Eixo Norte ao Ceará está previsto para esta sexta-feira (26).

0 comentário