Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Cedro: Município é pioneiro no uso do "cartão de vacina on-line"


O município de Cedro-PE foi a cidade piloto para implantação do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) Web nas salas de vacina das unidades de saúde municipais.


"O Cartão de Vacina passará a ser digital e online. Onde a pessoa chegar ela poderá ver quais foram as vacinas que já tomou e quais precisam ser tomadas ou atualizadas", afirma Dilza Xavier, Coordenadora de Imunização da Gerência Regional de Saúde, que acompanhou o processo de implantação do sistema. Ela diz ainda que Cedro está em constante troca de informações junto a gerência regional para solucionarem juntos possíveis problemas que venham a surgir no sistema, que é logo em breve será implantado em todo o Estado de Pernambuco.

Para ter acesso ao Cartão de Vacina Digital todas as pessoas precisam ter o Cartão do SUS, inclusive as crianças. O documento pode ser gerado em todas as unidades públicas de saúde.

As vacinadoras do município utilizavam desde o ano de 2012 um outro sistema onde as informações eram armazenadas apenas no computador da unidade básica, já com a migração para o novo sistema, as informações estarão online e o município passa a trabalhar com uma ferramenta segura com relação ao banco de dados por ser um sistema web. Outra vantagem trazida com o novo sistema é que vai oportunizar aos operadores do sistema o acesso a toda base de usuários do município sem a duplicidade de informações nas salas de vacinas, uma vez que o acesso estará vinculado ao Cartão SUS, podendo as informações serem acessadas de qualquer unidade de atendimento.

As vacinadoras e equipes das unidades de saúde e os profissionais da Secretaria de Saúde foram capacitadas e já podem fazer uso da nova ferramenta online. "Até o final do ano nossa meta éconcluir a migração de toda a base de dados em todas as salas de vacina das unidades de saúde", informa Sabrina Souza, Coordenadora Municipal do Programa de Imunização que diz ainda que antes o sistema dessas salas de vacina era desktop e agora será web.

"Se perder o cartão de vacina físico a pessoa poderá acessá-lo em qualquer unidade de saúde do país via online, sem prejuízos. Isso vai evitar a revacinação, facilitando também o trabalho do pessoal que trabalha nas salas de vacina", explica Sabrina.


6 visualizações