banner technobytes.jpeg
OTa2.jpg
LOGO MEGA.jpg
Banner Aveloz
IMG-20220720-WA0032.jpg
  • Mikael Sampaio

Cabrobó: Marcílio Cavalcanti comemora resultado do TCE/PE e conquistas do seu mandato


O ex-prefeito de Cabrobó, Marcílio Cavalcanti (PDT), comemorou nesta segunda-feira (11), mais uma conquista do seu mandato à frente do município entre os anos de 2017 e 2020.

O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco – TCE/PE, divulgou a 4ª edição do Índice de Convergência e Consistência dos Municípios de Pernambuco (ICCPE), e Cabrobó obteve a 19ª colocação entre os 184 municípios pernambucanos com melhores contabilidades na classificação moderado.

O resultado é relativo ao ano de 2021, obtido a partir do mais recente levantamento realizado nos demonstrativos contábeis dispostos nas prestações de contas do exercício de 2020, quando o município estava sob a administração de Marcílio Cavalcanti

De acordo com o ex-prefeito, esse resultado atesta a evolução e o amadurecimento do município que desde o início do levantamento para as prefeituras em 2017, seguiu as determinações do Tribunal, colocando Cabrobó, já no primeiro ano de divulgação do monitoramento em 2018, entre as cidades mais transparentes do estado e primeira do sertão.


Marcílio Cavalcanti lembrou também de outra herança do seu governo, que foi o trato sério com os recursos da pandemia. Em julho de 2020, Cabrobó apareceu entre os 10 municípios do estado com o melhor desempenho em transparência em ações saúde e assistência social durante a pandemia.

O levantamento também foi feito pelo Tribunal de Contas de Pernambuco, e analisou à época, informações prestadas nos portais da transparência e em sites oficiais das 184 cidades do estado entre os meses de maio e junho daquele ano.

"Esse é um legado do qual me orgulho muito. O trato e a seriedade com que administramos a nossa cidade e que continua tendo reflexos positivos em todas as áreas", ressaltou. O ex-prefeito de Cabrobó finalizou lembrando que deixou a prefeitura financeiramente equilibrada com todos os compromissos pagos e a quantia de R$ 4. 341.836,45 em conta corrente.

0 comentário