top of page
banner technobytes.jpeg
Banner Aveloz
  • Foto do escritorMikael Sampaio

Câmara de Vereadores de Salgueiro reúne prefeitos da região em audiência pública sobre a Univasf


A Câmara de Vereadores de Salgueiro realiza nessa quarta-feira, 19, uma audiência pública sobre a construção do campus da Univasf na cidade. O evento ocorre na Casa do Sanfoneiro, a partir das 16h, na antiga estação ferroviária, local doado pela prefeitura para a edificação das instalações definitivas da universidade federal. A iniciativa marca o início do projeto “Câmara Itinerante”, idealizado pela nova Mesa Diretora da Casa Epitácio Alencar, sob a presidência da Sávio Pires.


“A partir deste mês começamos a implantar a Câmara Itinerante. Vamos andar em todos os bairros, todos os distritos, todas as zonas rurais, e peço a participação do povo para enaltecer o trabalho da câmara e do Poder Executivo, mostrando as dificuldades que acometem nosso município”, destacou Sávio em sessão na câmara. Nos últimos dias, ele fez um giro pela região, convidando pessoalmente prefeitos, vereadores e outras autoridades para a audiência, que tem abrangência regional.


O debate sobre a construção do campus da universidade federal é o primeiro tema do projeto itinerante devido à sua importância e urgência para o desenvolvimento socioeconômico de Salgueiro e região. A câmara pautará o assunto após as obras iniciais do empreendimento serão suspensas pela prefeitura sob a alegação de falta de licenças. Essa suspensão foi questionada por vereadores da oposição e pela própria reitoria da Univasf, que enviou ofício ao governo municipal lembrando que o Plano Diretor de Salgueiro não prevê licença para construção de muros divisórios.


Com um orçamento de R$ 30 milhões, a construção do Campus Salgueiro da Univasf vai movimentar a economia do município e entorno, gerando emprego e renda. Somente no início da obra, paralisada pelo mesmo governo que doou o terreno, serão investidos quase R$ 4,6 milhões. As demais etapas vão injetar mais R$ 25 milhões no município. Quando a obra for inaugurada, Salgueiro terá um monumental campus, cujo projeto arquitetônico ficou em 1° lugar na edição 2022 do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Pernambuco (CAU/PE).

0 comentário

Comments


bottom of page