banner technobytes.jpeg
OTa2.jpg
LOGO MEGA.jpg
Banner Aveloz
  • Mikael Sampaio

Brasil, Colômbia e Peru farão treinamento conjunto



Cerca de 200 militares do Brasil, Colômbia e Peru vão participar, entre os dias 19 a 23 de junho, do exercício multinacional Amazonas I, um simulado de combate a trafego ilícito.

Durante o treinamento, um alvo atravessará o espaço aéreo dos países participantes e será interceptado por aviões de combate e plataformas de monitoramento.

De acordo com o Major Aviador Solano Magalhães de Carvalho Vila Nova, do Comando de Preparo (Comprep), coordenador da reunião final de preparação ao exercício, “um grupo de militares da FAB acompanhará os voos em tempo real, em Tabatinga (AM), por meio do sistema colombiano de rastreamento por satélite, chamado Hórus”. Já o Coronel da Força Aérea Peruana Jaime Chavez Vizcarra, que veio ao Brasil para a reunião final de coordenação, a oportunidade é de reforçar a interação entre os três países. “É conveniente manter as fronteiras sempre alertas. As comunicações bilaterais também devem ser constantes”, afirmou.

Uma dupla de piloto e controlador de tráfego aéreo da FAB acompanhará a atuação do Peru e outra dupla, a da Colômbia. A ideia é conhecer como o sistema de controle de tráfego aéreo dos dois países se comporta, quando uma aeronave suspeita é identificada nos radares e como os pilotos de defesa aérea cumprem as missões.

Em contrapartida, o Brasil receberá de cada país um controlador de tráfego aéreo, para ficarem no Quarto Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA IV), em Manaus, e um piloto do Peru que acompanhará o exercício em Tabatinga.


0 comentário