Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Ausência de senadores de Pernambuco na CPI da “Lava Toga”


No Senado Federal, Pernambuco é representado pelos senadores Fernando Bezerra Coelho (MDB), Humberto Costa (PT) e Jarbas Vasconcelos (MDB). E pelo que se tem notado, nenhum deles têm se movimentado a fim de aprovar a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da “Lava Toga”, que tem o objetivo de investigar possíveis excessos cometidos por tribunais superiores, como o Supremo Tribunal Federal (STF).


A CPI foi arquivada na última terça-feira pelo presidente da casa, Senador Davi Alcolumbre (DEM-AP). Isso foi possível com a saída de três senadores que apoiavam a instalação da comissão de inquérito, Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Eduardo Gomes (MDB-TO) e  Katia Abreu (PDT-TO). Segundo reportagem do Estadão/Broadcast, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) atuaram nos bastidores, durante o fim de semana, para que o Senado recuasse da abertura da CPI.

O próximo passo agora é conseguir nove assinaturas para desarquivar o requerimento, e novamente os 27 apoios para aprovação.


Veja quem tinha assinado:

1- Alessandro Vieira (PPS-SE)

2- Marcos do Val (PPS-ES)

3- Eliziane Gama (PPS-MA)

4- Reguffe (sem partido-DF)

5- Styvenson Valentim (Podemos-RN)

6- Eduardo Girão (Podemos-CE)

7- Álvaro Dias (Podemos-PR)

8- Selma Arruda (PSL-MT)

9- Fabiano Contarato (Rede-ES)

10-Tasso Jereissati (PSDB-CE)

11-Cid Gomes (PDT-CE)

12-Jorge Kajuru (PSB-GO)

13-Kátia Abreu (PDT-TO)

14-Soraya Thronicke (PSL-MS)

15-Randolfe Rodrigues (Rede-AP)

16-Leila Barros (PSB-DF)

17-Sergio Petecão (PSD-AC)

18-Lasier Martins (Podemos-RS)

19-Major Olimpo (PSL-SP)

20-Eduardo Braga (MDB-AM)

21-Luiz Carlos do Carmo (MDB-GO)

22-Rodrigo Cunha (PSDB-AL)

23-Plínio Valério (PSDB-AM)

24-Jayme Campos (DEM-MT)

25-Luis Carlos Heinze (PP-RS)

26-Telmário Mota (Pros-RR)

27- Izalci Lucas (PSDB-DF)


Nos bastidores, integrantes do Supremo veem as digitais do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, nas movimentações do senador Alessandro Vieira. Para membros do STF ouvidos pela reportagem do Portal Terra, a “CPI da Lava Toga” mirava, na verdade, a Suprema Corte. (Fonte: Portal de Prefeitura)

5 visualizações