Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

'Ato de truculência e arbitrariedade', afirma Jarbas Vasconcelos



Presente à reunião da executiva nacional que decidiu pela dissolução do diretório regional do MDB-PE, o deputado federal Jarbas Vasconcelos chamou a deliberação desta terça-feira (20) de "ato de truculência e arbitrariedade" por parte do senador Romero Jucá (RR), presidente nacional da sigla.

"Não faço parte da executiva do partido, mas fiz questão de estar ao lado de Raul na reunião de hoje para acompanhar de perto esse ato de truculência e arbitrariedade por parte de Romero Jucá. Isso nunca aconteceu na história do MDB", disse Jarbas. O parlamentar disparou contra Jucá e disse que continuará, ao lado de Raul Henry, atual presidente do partido em Pernambuco, "brigando e lutando". "Esse ato de violência e antidemocrático são as marcas da era Jucá a frente da legenda. Vou junto com Raul continuar brigando e lutando. Eles queriam briga e agora vão ter", completou Jarbas Vasconcelos.


0 visualização