top of page
banner technobytes.jpeg
Banner Aveloz
  • Foto do escritorMikael Sampaio

Atividade turística cresce em PE e aumenta procura por crédito para atividade em mais de 170%


As atividades turísticas em Pernambuco apresentaram crescimento em 2022. O número de turistas que desembarcaram no estado cresceu 16,7% em 2022, em relação ao ano anterior. Os visitantes estrangeiros chegaram a cerca de 77 mil, representando alta de 200% na mesma comparação. As informações são do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene) e consideram os dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).


Em decorrência do aumento na chegada de visitantes, os empreendimentos no estado voltados ao turismo contrataram mais recursos no Banco do Nordeste (BNB) na comparação dos dois anos. O salto foi de R$ 52 milhões para R$ 142 milhões (alta de 174%).


Considerando toda a área de atuação do Banco, que abrange os estados nordestinos e parte de Minas Gerais e Espírito Santo, o crescimento da atividade turística foi de 28% em 2022, em relação ao ano anterior. Foram mais de 23,7 milhões de passageiros, sendo quase 400 mil turistas estrangeiros.


Segundo Allison David de Oliveira Martins, economista do Etene, esses resultados demonstram uma consolidação da retomada de crescimento do turismo nesses estados verificado a partir do segundo trimestre de 2022, dada uma maior flexibilização das restrições sanitárias adotadas contra a Covid-19 após a onda da variante Ômicron.


Com isso, avalia o economista, é natural que haja mais procura por crédito. “Os recursos destinados ao turismo buscam atender demanda reprimida, além de expandir e modernizar os empreendimentos turísticos. As linhas de crédito do Banco, com juros atrativos e prazos adequados, atendem diversos segmentos econômicos ligadas ao turismo, como meios de hospedagem, restaurantes, equipamentos de entretenimento, agências de turismo, entre outras”, afirma Allison Martins.


Itens financiados

As linhas de crédito do Banco do Nordeste financiam implantação, reforma, expansão ou modernização de empreendimentos turísticos, além de capacitação de pessoal e até ações de marketing das empresas. No rol de itens financiados, estão, por exemplo, embarcações utilizadas no transporte turístico de passageiros, móveis e utensílios para hospedagem e sistemas de gestão de qualidade.

0 comentário

Comments


bottom of page