banner technobytes.jpeg
OTa2.jpg
LOGO MEGA.jpg
Banner Aveloz
IMG-20220720-WA0032.jpg
  • Mikael Sampaio

Adailton e Gilson Alves agradecem aos quase 2 mil verdejantenses que os honraram com o seu voto


OBRIGADO, VERDEJANTE.


Respeito, gratidão e persistência. Essas são as 3 palavras que aqui destinamos aos quase 2 mil verdejantenses que nos honraram com o seu voto e a sua confiança no dia 15/11/2020.


RESPEITO: foi o que oferecemos a cada cidadão e cidadã com quem conversamos e para quem, com paciência e dedicação, explicamos de que forma a sua vida e a da sua família poderia mudar para melhor, sempre procurando tratar a todos com altivez e decência, vendo à nossa frente seres humanos, semelhantes, e não "mercadorias" que se compra barato e a preço vil na "liquidação da eleição", lucrando às custas das necessidades do povo, que não são poucas: falta água, emprego, renda, saúde, educação, lazer, dignidade, responsabilidade, transparência, vergonha e, sobretudo, honestidade.


GRATIDÃO: porque visitamos os sítios, vilas, povoados, distritos e a cidade-sede, e seja nas áreas rurais ou nos ambientes urbanos, sempre fomos muito bem recebidos, e por onde passamos portas eram abertas para adentrarmos em residências de alvenaria ou em simples casas de taipas, nessas últimas, inclusive, assistimos a convivência forçada de pessoas, insetos e doenças, tudo provocado pela pobreza do morador e pela omissão do poder público, que pouco caso faz da desgraça do semelhante, já que, no caso de nossa Verdejante, é preferível que o pobre continue "acorrentado pela miséria" e "cego pela desinformação", para que assim possa continuar a ser manipulado, iludido, enganado e, a cada 2 anos, comprado na "black friday" que se tornou as eleições em Verdejante. Creia, é exatamente assim que os "ricos" ou aqueles que se acham os "donos do poder" gostam de ver o povo: desinformado, escravizado, inculto e, principalmente, dependente, porque, presos a esses "grilhões de maldades", serão sempre "uma massa de manobra", fáceis de serem ludibriados, surrupiados e passados para trás, tal qual fileira indiana de animais irracionais, que segue, desavisada e obediente, à caminho do próprio abate.


PERSISTÊNCIA: é o que rogamos a Deus que jamais nos falte todos os dias das nossas vidas, para que tenhamos a coragem de lutar contra a opressão, a tirania e a injustiça, e firmes na disposição de denunciar aqueles que se acham inatingíveis ou inalcançáveis, de modo que tudo possa ser feito para que a palavra verdade não seja simples retórica, e para que o eleitor não cobre, no futuro, honestidade de quem o comprou no passado. Parafraseando o poeta: "Triste do município que tenha a necessidade de aplaudir uma virtude, cujo exercício diário é uma obrigação."


Por fim, a eleição municipal em Verdejante não finalizou, e em verdade, bem longe estar disso.


Estejam certos: continuaremos com as nossas consciências tranquilas, tendo sempre em mente que o nosso único desejo é poder ajudar os mais necessitados e contribuir para o crescimento do nosso município.


Verdejante/PE, 16/11/2020.


ADAILTON MONTEIRO.


GILSON ALVES.

0 comentário