Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

Acompanhe o resumo do pronunciamento dos vereadores na 14ª Sessão Ordinária na Câmara Municipal


O Senhor João Batista encaminhou Ofício solicitando o uso da Tribuna para falar dos Festejos São João Batista da Comunidade Baixio da Cacimbinha. Aprovado por Unanimidade. A Senhora Sônia, representando a Comunidade do Sítio Baixio da Cacimbinha, ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Veio comunicar a todos os ouvintes dos festejos de São João Batista, na Comunidade Baixio da Cacimbinha, onde ocorrerá a 2ª roda de sanfona para arrecadar recursos para a construção da capela de São João Batista. Ocorrerá no dia 26 de maio, pela manhã, na casa de João Batista Barbosa. Convidou a todos e relatou esperar contar com a presença de todos. Relatou que no dia 09 de junho haverá um evento na Comunidade do Baixio da Cacimbinha. Relatou que de 14 a 23 de junho serão realizados os festejos. Relatou que no dia 20 será o dia do Poder Legislativo, onde conta com a presença de todos. Relatou agradecer a Prefeitura Municipal, através do Prefeito Clebel Cordeiro, pela colaboração com os festejos da Comunidade do Baixio da Cacimbinha. Agradeceu ao Vereador Hercílio de Alencar pela inclusão dos festejos no calendário municipal.


O Vereador Auremar Carvalho ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Relatou Moção de Pesar que apresentou pelo falecimento do Sr. Manoel Chaves, pai da Sra. Leidimar, que já foi funcionária e diretora desta Casa, onde deseja seus sentimentos aos familiares. Desejou os parabéns para a Senhora Maiara. Relatou que semana passada, falou da questão da farmácia popular, onde irá reiterar hoje para todos saberem. Relatou que a farmácia popular atende as pessoas de forma gratuita e com descontos de até 90% (noventa por cento), onde insulina, frauda geriátrica e outros insumos podem ser adquiridos de forma gratuita pela população. Relatou que a farmácia popular recebe o valor dos insumos e remédios do Governo Federal, onde soube que o Governo Federal fornece em dias o repasse do pagamento dos remédios e insumos da farmácia popular. Relatou que a população tem direito de pegar o remédio que é pago pelo Governo Federal. Relatou Requerimento de sua autoria, junto com o Vereador Pedro Pereira, para colocar quite de energia na Rua Dociana Angelim, na Pimenta. Relatou a necessidade de se colocar quites de energias em cinco ou seis postes na região. Relatou a crise que assola o País, o Estado e o Município, onde, mesmo com a crise, ações estão sendo realizadas. Relatou a inauguração da Rua Elisa Patriota. Relatou a parceria do Deputado Gonzaga Patriota junto com o Deputado Fernando Rodolfo, onde irão destinar R$ 1.500.000,00 ( um milhão e quinhentos mil reais) cada, para construção da praça da igreja do santuário.


A Vereadora Eliane Alves ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Relatou que esta semana teve oportunidade de estar num grande movimento popular. Relatou que a Senhora Eliane Silva enviou um Projeto em prol de melhorias para a sociedade. Relatou ter participado de um ato em prol da educação onde um professor disse: “não somos idiotas, somos construtores da sociedade”. Relatou da necessidade de atenção e cuidado com a questão da dengue. Relatou a necessidade de atenção de todos, principalmente da Secretaria de Serviços Públicos de Salgueiro, que deve atuar fortemente combatendo a dengue, através de serviços de capinação, entre outros, serviços que não estão sendo realizados. Relatou que o Vereador Olavo Bruno Filgueira pediu e só então o Prefeito decretou estado de emergência, pela quantidade alarmante de casos de dengue. Relatou uma pessoa que já trabalhou como agente de endemias e que pretende se inscrever na seleção de emergência aberta pelo Município, onde o Município está pedindo um curso como requisito, o que é estranho à necessidade do Município, de modo que esta Vereadora está acompanhando de perto a seleção. Relatou a falta de medicamentos na rede pública municipal de saúde. Relatou que a farmácia popular já existe a muito tempo, desde a gestão do Presidente Lula, onde hoje o programa se encontra sucateado. Relatou que não é a farmácia popular que vai suprir a carência das necessidades por falta de medicamentos na rede pública de saúde. Relatou que o Prefeito não captou R$ 14.000.000,00 (quatorze milhões de reais), onde esse dinheiro é esperado a 06 (seis) anos pelo Município, onde desse valor 60% é de direito do professor e 40% é para viabilização e manutenção do ensino, onde o Prefeito deve criar um plano de aplicação desses recursos. Relatou que no dia 12 de junho, o Supremo Tribunal Federal irá decidir questões importantes sobre a forma que pode aplicar essa verba. Relatou que esses R$ 14.000.000,00 (quatorze milhões de reais) são aguardados há muitos anos, e não para creches. Relatou que faz três anos que duas creches se encontram paradas. Relatou o péssimo estado em que se encontram as escolas municipais, sem material de trabalho e necessidade de investimento no ensino. Relatou o absurdo em se prometer 50 (cinquenta) creches, onde o Poder Legislativo irá liberar as creches que forem estritamente necessárias, onde os R$ 14.000.000,00 (quatorze milhões de reais) são para a educação.


O Vereador Erivaldo Pereira ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Relatou seu compromisso com a sociedade de Salgueiro. Relatou que seu trabalho é em prol da população do Município de Salgueiro. Relatou que, se preciso for, atravessará dificuldades e passará por cima dos poderosos para bem desempenhar sua função em prol da sociedade de Salgueiro. Relatou ter ido a Secretaria de Saúde junto com o Vereador Pedro de Compadre, buscar soluções com relação a epidemia de dengue que assola o Município. Relatou ter ficado impressionado ao ver uma médica dizer que nunca viu tantos casos de pessoas doentes no Município. Relatou palavras que a médica escreveu, indagando se a população irá perder para um mosquito. Relatou ter ido ao Pronto Socorro com sua mãe, onde nunca viu tantas pessoas doentes de dengue. Relatou ter falado com uma pessoa que entende do assunto, onde este lhe relatou que seria necessário pelo menos 80 agentes de endemias e 10 supervisores para combater a situação que Salgueiro se encontra. Relatou que depois foi a Secretária de Saúde, e falou com a Secretária, onde esta lhe relatou a impossibilidade de o fazer, nesse quantitativo. Relatou que a Gestão deve gerir, e não buscar jogar os problemas para outros órgãos, como o Ministério Público. Relatou que só após um Vereador relatar a necessidade de se decretar estado de emergência, foi que o Poder Executivo tomou providências. Relatou que a situação de Salgueiro é séria, onde o TAC feito entre o Município e o Ministério Público não irá atender as demandas e necessidades da população. Relatou que o Município queria contratar menos que 10 (dez) pessoas para trabalharem de forma emergencial como agentes de endemias no combate a dengue, onde entende que o Ministério Público deve ter exigido esse mínimo de 10 (dez) pessoas, que mal atende a necessidade da população e a situação endêmica instaurada. Relatou que, com relação aos R$ 14.000.000,00 (quatorze milhões de reais) que já estavam garantidos, todos os Projetos que vierem a tratar dele vão ser muito bem debatidos pela Câmara.


O Vereador Ednaldo Barros ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Relatou que na próxima quarta-feira, às 09:00h, está confirmada a audiência pública na Câmara de Salgueiro, que irá tratar da falta de medicamentos e insumos à população diabética do Município e região. Pediu à população para que compareça a audiência pública, onde pede que todos tragam suas carteirinhas de medicamentos. Relatou que várias autoridades estarão presentes. Relatou que algumas pessoas pediram para incluir outros problemas e debates, onde a audiência não é do Vereador Ednaldo Barros, mais dos diabéticos. Relatou que em seu programa, uma das patrocinadoras é a farmácia Saúde do Trabalhador que possuí o programa farmácia popular, e a população pode receber medicamentos e insumos a baixo custo ou sem custo. Relatou que quem vai falar na quarta-feira são os diabéticos, onde eles irão explicar a todos direitinho como funciona o fornecimento de medicamentos e insumos, as faltas que constantemente ocorrem e as necessidades dessa população. Relatou que a audiência pública será muito esclarecedora. Agradeceu ao amigo Joenildo, da 7ª GERES, que foi ao seu programa e esclareceu os problemas da dengue, onde hoje se encontra em todos os bairros, inclusive na zona rural. Relatou que o amigo Joenildo disse que a maioria dos focos não está sendo encontrado em terrenos baldios, mais nas casas da população. Relatou ter ficado sensibilizado com o texto de uma médica que tratou da situação alarmante em que se encontra o Município. Relatou Requerimentos de sua autoria.


O Vereador Olavo Bruno Filgueira ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Relatou que os equipamentos dos poços perfurados já se encontram em Salgueiro e serão implementados. Relatou a epidemia que está assolando a Cidade. Relatou ter participado da reunião entre o Ministério Público do Estado, o representante da saúde do Município e o representante de saúde do Estado, onde ficou acordado a necessidade de Decretação de Emergência, a contratação em caráter emergencial de 10 (dez) agentes de endemias, onde os representantes do Executivo retrucaram que não poderiam contratar 10 (dez) agentes de endemias, mas ficou estabelecido este quantitativo, ficou estabelecido a necessidade de aditivos para que possam viabilizar a capinação e outros serviços em prol da prevenção da dengue no Município. Relatou a importância do Decreto Emergencial para viabilizar ações pelo Município. Relatou que o alto índice de gastos com pessoal se deve a contratação de muitos comissionados. Criticou a forma e critério da seleção que está sendo promovida pela Secretaria de Saúde, para que as pessoas possam concorrer devidamente à seleção. Passou um cronograma do trabalho de prevenção e combate a dengue, onde alguns bairros não foram contemplados no cronograma, o que deve ser revisto. Pediu atenção ao Município de Salgueiro que se encontra em calamidade pública. Relatou que se juntar todos os Municípios do sertão, não dá a quantidade de casos que Salgueiro já registrou. Leu uma mensagem de uma médica respeitada na Cidade, criticando o alto índice de casos de dengue no Município. Relatou Requerimento ao Deputado Fernando Filho em que pede um implemento agrícola para a região rural do Município.


O Vereador José Carlos Parente ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Relatou ter ouvido na rádio que chegou R$ 14.000.000,00 (quatorze milhões de reais) para o Município de Salgueiro, onde está feliz, de modo que pede algumas ações. Relatou a necessidade de academia das Cidades, de melhorias no CSU, a implementação de algumas creches e outras ações necessárias. Relatou que quanto mais vier melhor. Relatou seu trabalho onde junto ao Deputado Pastor Eurico, conseguiu emenda para a viabilização da Avenida Elisa Patriota. Agradeceu ao Secretário Marcos pela lembrança do seu nome na inauguração da Elisa Patriota. Criticou a falta de assistência ao Condomínio Mandacaru, onde a população clama por providências, apoio e entretenimento. Relatou estar enviando documento para a Caixa Econômica Federal de Petrolina, a pedido do assessor de Fernandinho, para conseguir melhorias para o Mandacaru. Relatou a alta quantidade de casos de dengue que vem assolando e assombrando a população, onde pessoas estão morrendo. Relatou que esteve conversando com alguns agentes de endemias, onde foi informado que se tivesse sido utilizado mais material de prevenção a situação poderia estar diferente. Pediu a todos união para combater a dengue. Convidou a todos de Campinhos, Barroca, Camarinha para participarem do evento em que este Vereador estará para cantar para todas as mães da região. Falou do seu trabalho na zona rural. Relatou o problema da barragem do Mulungu, onde aguardam a mais de 20 (vinte) anos pelo término da barragem, onde está enviando pedidos ao Governo Estadual e Federal para o término da obra.


A Vereadora Maria da Paz Soares ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Relatou sua motivação ao ver pronunciamentos de colegas que buscam melhorias e trabalho pela sociedade. Relatou que a Elisa Patriota é fruto de Emenda do Deputado Gonzaga Patriota, Deputado Pastor Eurico e Município de Salgueiro. Relatou a alegria da população com a implementação da Avenida Elisa Patriota. Parabenizou Vereador Hercílio pelo casamento do seu filho. Relatou que o Deputado Gonzaga Patriota garantiu R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) para a praça da igreja do santuário. Relatou sua luta pelo calçamento de vias, sua luta pelo término da quadra do Riachinho, pela causa animal, entre outras lutas. Relatou o Projeto de Lei pela causa animal. Relatou várias necessidades e lutas que devem ser encampadas, onde esta Vereadora defende várias causas, como a causa animal, onde no Município existem vários animais soltos. Relatou a necessidade do centro de zoonoses em Salgueiro. Pediu para todos lutarem pela população. Relatou sua luta contra a dengue, onde lembra várias grávidas que estão sem repelente, fornecidas pela Secretaria de Saúde do Estado. Pediu a todos os moradores que não deixem água parada em suas residências, bem como que tampem os acúmulos de água, para diminuir ou evitar o surto de dengue. Pediu a todos que façam sua parte. Relatou a alegria em visitar a população da zona rural do Município.


O Vereador Hercílio de Alencar ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Relatou sua alegria pelo casamento do terceiro filho. Relatou lamentar o falecimento de Bia, Dona Sá e Dona Guiomar. Relatou que, com relação ao dinheiro do Fundeb, haverá um julgamento para decidir a questão, onde entende que o que é de direito dos professores deverá ser mantido. Relatou o desastre que é o atual Governo Federal. Relatou o caso da facada de Bolsonaro, onde o acusado do ato esteve em um stande de tiro tempos atrás com o filho de Bolsonaro. Relatou a decepção que a democracia brasileiro propôs aos brasileiros. Relatou que os brasileiros elegeram a escória da política, onde um apoiador da ditadura, de armas, contra a educação é o atual Presidente. Relatou que o Governo Federal quer devolver o favor às faculdades particulares que o apoiaram e sucatear as universidades públicas. Relatou a importância de se educar a população para votar nas pessoas que defendem causas justas, puras e honestas, onde essas pessoas devem possuir justiça, pureza e honestidade. Relatou que deveria haver um impeachment para o atual Presidente e não para a Dilma. Relatou que o Presidente já trocou de esposas 04 (quatro) vezes, bate continência para a bandeira dos Estados Unidos. Relatou que ninguém quis receber o Presidente em Dallas. Relatou a pátria de desemprego em que se encontra o País. Relatou a Copa e Olimpíadas que vieram no Governo de Lula. Relatou que ninguém quer ficar ao lado do atual Presidente. Relatou que parece estar para vir benefícios e ações do Governo Estadual. Parabenizou o Prefeito pela atenção a sua pessoa. Parabenizou a limpax pelo trabalho. Relatou que deve se dar o mérito a quem tem. Relatou a necessidade de patrulha mecanizada nas ruas de Salgueiro. Pediu que uma equipe do Município vá ao Pau Ferro e resolva a questão do esgoto. Relatou que a única coisa boa que viu foi o povo indo as ruas pedir o respeito a educação.


O Vereador Antônio Pires ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Falou dos Requerimentos e Projeto de Resolução de sua autoria. Relatou ficar feliz quando vê colegas vir a tribuna defender sua pátria e sua bandeira. Relatou Vereador que pediu no dia 10 (dez), onde o Decreto do Prefeito foi editado no dia 08 (oito), de modo que o Prefeito não atendeu pedido de Vereador mais a necessidade da população. Parabenizou a Dra. que veio as redes sociais dizer o que está acontecendo. Relatou a importância de se falar a verdade, de modo que não se deve deturpar a verdade. Relatou ter ouvido de Vereador falar que não precisa mais de creche. Relatou que existe Lei Federal regulando e regulamentado o que deve ser feito com os R$ 14.000.000,00 (quatorze milhões de reais). Relatou que a Lei do TCU diz o que deve ser feito. Relatou que a zona rural e urbana irão ser beneficiados com esse valor. Relatou Emendas que foram apresentadas por vários Deputados para Salgueiro, onde questiona Deputada filha da Cidade que enquanto Deputada não mandou nada para o Município. Relatou várias obras inacabadas e se quer iniciadas pelo Governo do Estado. Relatou que jamais votará em ladrão. Relatou pessoas que querem votar em ladrão. Relatou que em uma Universidade da Bahia, alguns alunos ficaram nus, de modo que não entende certo tal forma de ensino ou de manifestação. Pediu respeito a sua posição. Relatou ter coerência e responsabilidade. Relatou seu arrependimento em ter votado em Aécio Neves. Relatou que, se um dia Bolsonaro for preso, então dirá que ele é ladrão, até então não. Relatou que os R$ 14.000.000,00 (quatorze milhões de reais) que chegaram tem destinação determinada pelo TCU, de modo que entende os professores, mas entende também a necessidade do Prefeito seguir as Leis e recomendações. Relatou a importância das creches. Relatou que o Prefeito não é culpado pelo surto de dengue, onde este está combatendo como pode a epidemia. Relatou que quando está com a verdade, a defende a todo o custo. Relatou a desnecessidade de discurso político nesta Casa.


O Vereador Pedro Pereira ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Relatou Requerimento de sua autoria em que pede ao Prefeito e ao Secretário melhoramento de estradas na região dos Sítios Quixaba I, Hipólito, Contendas, Baixio do Gravatá, Sipaúba, entre outros. Relatou solicitação de tapa buracos na zona rural, onde já começou na região de Umãs para o Tamboril, onde a máquina ira beneficiar várias regiões. Relatou a população do Baixio da Cacimbinha que veio para convidar a população para a 2ª roda de sanfoneiros e festividades do Padroeiro São João Batista. Relatou ter recebido resposta do Deputado Gonzaga Patriota sobre a questão do posto da Receita Federal em Salgueiro, onde o Deputado já falou com o Secretário Geral e com o Ministro, onde acredita que o posto da Receita Federal em Salgueiro irá permanecer. Pediu a todos os colegas que cobrem a seus Deputados para que tentem lutar pela manutenção da sede da Receita Federal em Salgueiro. Relatou um problema em uma via na Bomba, com relação a necessidade de implementação de iluminação pública. Relatou morador que tinha a energia de sua casa fornecida por uma bateria de carro, e que teve o implemento de energia elétrica a pouco tempo. Fez um convite do amigo Raimundo, do Bezerro dos Lopes, para participarem da 6º edição dos vaqueiros, no Sítio Bezerro dos Lopes. Relatou que a dengue acelerou uma situação triste em Salgueiro, onde o Prefeito está tomando as previdências cabíveis. Relatou a necessidade em combater a dengue. Relatou que os R$ 14.000.000,00 (quatorze milhões de reais) são da educação, do Fundeb, e R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais) virão pelo Deputado Fernando Rodolfo, que serão utilizados na saúde do Município.


O Vereador Augusto Matias ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Lamentou o falecimento da amiga Bia, onde deseja sentimentos aos familiares. Parabenizou a Escola Osmundo Bezerra pela homenagem que fizeram a senhora Bia, na passagem do seu cortejo. Falou dos Requerimentos de sua autoria. Parabenizou o Vereador Auremar Carvalho pelo aniversário. Parabenizou o Prefeito e todos os envolvidos na inauguração da Avenida Elisa Patriota, onde, na ocasião, cobrou ao Deputado Fernando Rodolfo Emenda para a praça da igreja, onde o Deputado se comprometeu em destinar Emendas junto com o Deputado Gonzaga Patriota. Relatou que o voto é livre. Pediu calma a todos os colegas. Relatou que todos são Vereadores representantes da população. Relatou ter visto nas redes sociais que três Vereadores foram a Recife “pedir a cabeça” do gestor da GRE, onde não entende tal atitude. Relatou o trabalho que o Júnior vinha fazendo na GRE. Relatou o trabalho do Deputado Gonzaga Patriota, onde entende que a ex Deputada da região poderia ter conseguido mais coisas por Salgueiro. Pediu que o próximo Gestor da GRE seja da região.


O Vereador George Arraes ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Desejou parabéns aos aniversariantes da semana. Relatou ter recebido com satisfação a informação de que o Vaticano canonizou irmã Dulce, agora Santa Dulce, pelo seu trabalho e seus milagres. Parabenizou os Vereadores que vem desenvolvendo seus trabalhos, importantes para toda a comunidade. Relatou a falta de medicamentos e outros insumos necessários, de modo que serão realizadas audiência pública para tratar da falta de medicamentos e insumos para algumas crianças especiais, bem como audiência pública para tratar da falta de medicamentos e insumos para os diabéticos da Cidade. Relatou a importância da audiência pública que irá tratar dos altos índices de dengue em Salgueiro, onde entende a necessidade de se combater de forma enérgico os surtos de dengue e chikungunya e zika. Relatou a luta de todos contra o contingenciamento e cortes da educação a nível nacional. Relatou a importância da educação no desenvolvimento social, econômico e tecnológico de um País. Relatou a importância da universidade pública, que hoje já abriga mais estudantes vindos das redes públicas de ensino. Relatou que uma pequena parcela dos valores destinados a educação não estavam sendo vertidas devidamente, mais grande parte sim, de modo que deve se lutar pela manutenção da educação de qualidade no ensino público superior. Relatou a necessidade de se cortar em outras áreas, como no financiamento público de campanha, e não na educação ou saúde. Relatou a responsabilidade com os professores e com o Município, de modo que entende que após o julgamento no Supremo Tribunal Federal será a melhor ora para debater sobre o dinheiro que veio para o Município na ordem de R$ 14.000.000,00 (quatorze milhões de reais).


O Vereador Veronaldo Gonçalves ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Fez uma homenagem a Dona Neli. Leu a biografia de Dona Neli. Agradeceu ao Secretário Juliano Barros por ter atendido solicitação deste Vereador. Relatou Requerimentos e Indicações de sua autoria para capinação e outros serviços no Município, tanto por conta da segurança pública quanto pelo alto índice de casos de dengue em Umãs e em todo o Município. Relatou aos professores que defendam seus direitos, onde pede ao Prefeito que tire a mão do dinheiro dos professores, bem como ao Presidente que tire a mão do dinheiro da educação. Pediu que os gestores tenham bons olhos e olhem para o povo com dignidade, onde pede que não se tire mais direitos com reformas e outras ações. Relatou que Dona Creuza destinou várias Emendas que beneficiaram o povo de Salgueiro. Convidou a todos, para no dia 26 de maio, a partir das 10:00h da manhã, para participarem do 8º encontro das mulheres.


O Vereador André Luiz Alves Neves ocupou à Tribuna. Saudou a todos, como de estilo. Parabenizou a população do Sítio da Cacimbinha pelas festividades que serão realizadas. Relatou que esteve no sábado na inauguração da Avenida Elisa Patriota, a convite da Vereadora Paizinha, onde entende ser uma artéria de grande importância para o tráfego local. Parabenizou Gonzaga e os demais Deputados para conquista para o povo de Salgueiro. Relatou a importância da audiência pública que será realizada no dia 22 de maio, às 9h, para tratar da falta de insulina, medicamentos e insumos para os diabéticos de Salgueiro. Relatou a importância do fornecimento regular de insulina para o diabético. Relatou a epidemia de dengue que assola a região. Relatou que o problema é sazonal, e volta e meia ele aparece. Relatou ficar muito triste quando vê a tentativa de se culpar ou atribuir em demasia ao poder público a culpa pela questão da dengue, onde a população tem sua parcela de culpa. Relatou Projeto de Lei já aprovado, em que se penaliza possuidores ou proprietários de bens que não tomam os devidos cuidados com a prevenção e repressão a dengue. Leu alguns artigos da Lei em vigor, que trata da prevenção e repressão as arboviroses. Relatou a importância de se pôr a Lei em prática, para que a população participe ativamente do combate a endemia de dengue que se prolifera no Município. Relatou a importância em procurar se solucionar o problema.

11 visualizações