Capture+_2020-02-03-18-40-35.png
banner.jpg
IMG-20191110-WA0069_edited.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Mikael Sampaio

1.547 obras estão paralisadas em Pernambuco, aponta estudo do TCE-PE



Na manhã desta quinta-feira (07) o Tribunal de Contas dos Estado (TCE-PE), divulgou um relatório sobre obras paralisadas/inacabadas em Pernambuco no ano de 2016 com base em dados fornecidos pelos seus próprios jurisdicionados (Governo do Estado e Prefeituras).

O TCE-PE identificou 1.547 obras paralisadas ou com indícios de paralisação, cujo valor alcança os R$ 6,2 bilhões dos quais cerca de R$ 2 bilhões já foram pagos às empresas que venceram as licitações.

Segundo o auditor do TCE-PE, Pedro Teixeira, “A maior causa dessas paralisações é falta de planejamento. Muitas vezes o gestor começa a obra às pressas pra garantir os recursos e, no decorrer da execução, esbarra em equívocos de planejamento que implicam a paralisação”, explica o auditor responsável pelo levantamento. Destacou.

Ainda segundo o TCE-PE o estudo refere-se apenas ao ano de 2016, o levantamento é feito anualmente desde 2014.

O aumento de obras paralisadas foi de 749%. No que diz respeito ao Governo do Estado, o Tribunal de Contas apontou que há 245 obras paralisadas.


0 visualização